www.jornalocal.com.br / Cultura / Cinema / Animais gigantes do famoso bonequeiro Jésus Seda invadem o saguão do Centro de Convivência

Animais gigantes do famoso bonequeiro Jésus Seda invadem o saguão do Centro de Convivência

Trata-se da  Instalação e Mostra de Arte “Medos & Nojos”, do famoso artista plástico Jésus Seda, conhecido pela criação de bonecos e mupets, como os do “Castelo Rá-Tim-Bum”.

Barata de 80 centímetros com sensores, aranha gigante, ratão mutante, uma onça fugindo do fogo e mais uma série de animais mecatrônicos estarão no saguão do Teatro do Centro de Convivência Cultural, em meio às obras que tiveram início nesta semana.

Trata-se da  Instalação e Mostra de Arte “Medos & Nojos”, do famoso artista plástico Jésus Seda, conhecido pela criação de bonecos e mupets, como os do “Castelo Rá-Tim-Bum”. A mostra estará em cartaz de 10 a 12 de outubro, sábado a segunda, das 9h às 14h, no horário da Feira Hippie. A visitação é gratuita.

O público irá se deparar com insetos gigantes e animais que se movem por possuírem sensores de aproximação e são animatronics.

O bonequeiro Jésus Sêda (Castelo Rá-Tim-Bum, Louro José e uma quantidade imensa de bonecos na TV) traz novas propostas de bonecos mecatrônicos.  Jucan Camargo (pintor, figurinista e cenógrafo de espetáculos de teatro e dança) traduz a ambientação necessária à cena.

“O momento mundial, conectado à covid-19, transformou as intenções, desejos e expectativas do mundo, exigindo um re-olhar de nossas posturas, uma reinvenção. Neste momento entra a arte para acolher e acalmar os espíritos, sem deixar de ser questionadora, de provocar, de trazer à tona novas e velhas raízes”, reflete Jésus Sêda.

Para Jésus, a mostra, que seguirá rigorosamente os protocolos de saúde, “traz à tona os medos e nojos enraizados, num momento propício para repensá-los e transformá-los, desde o espaço onde habitam e são expostos, para o reconhecimento de que fazem parte da evolução natural”.

Local
A utilização do saguão do Centro de Convivência se mostrou adequada já que o local irá passar por uma grande obra após o término da Mostra. “É uma transição de momentos, onde a arte deve se manter presente: uma instalação de arte, aproveitando o ambiente desativado, de certa forma nos despedindo desta fase do espaço, para abraçar a nova que virá”, destaca Jucan Camargo.

Ficha Técnica
Jésus Sêda – criação, produção e realização, criaturas animatrônicas
Jucan Camargo – cenografia e ambientação
Alexandre Farias – Assistente de cenografia
Priscila Martins – Coordenadora de elenco
Ana Paula Geremias – Comunicação
Walter Barthman – vídeo e sonorização
Daniel Dias e Gleice Severo – iluminação
Lilian Lazarette – assistência de produção

Serviço
Instalação e Mostra de Arte “Medos & Nojos”, de Jésus Seda.
Quando: de 10 a 12/10, sexta a segunda, das 9h às 14h.
Onde: Centro de Convivência Cultural (Praça Imprensa Fluminense, s/n. Campinas/SP).
A visitação seguirá todos os protocolos de saúde.

Sobre Jornal Local

Veja também

2021 terá três feriados nacionais prolongados

Em algumas cidades, como São Paulo, ele não será celebrado em fevereiro. Agencia Brasil Em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *