www.jornalocal.com.br / Cultura / Cinema / Animais gigantes do famoso bonequeiro Jésus Seda invadem o saguão do Centro de Convivência

Animais gigantes do famoso bonequeiro Jésus Seda invadem o saguão do Centro de Convivência

Trata-se da  Instalação e Mostra de Arte “Medos & Nojos”, do famoso artista plástico Jésus Seda, conhecido pela criação de bonecos e mupets, como os do “Castelo Rá-Tim-Bum”.

Barata de 80 centímetros com sensores, aranha gigante, ratão mutante, uma onça fugindo do fogo e mais uma série de animais mecatrônicos estarão no saguão do Teatro do Centro de Convivência Cultural, em meio às obras que tiveram início nesta semana.

Trata-se da  Instalação e Mostra de Arte “Medos & Nojos”, do famoso artista plástico Jésus Seda, conhecido pela criação de bonecos e mupets, como os do “Castelo Rá-Tim-Bum”. A mostra estará em cartaz de 10 a 12 de outubro, sábado a segunda, das 9h às 14h, no horário da Feira Hippie. A visitação é gratuita.

O público irá se deparar com insetos gigantes e animais que se movem por possuírem sensores de aproximação e são animatronics.

O bonequeiro Jésus Sêda (Castelo Rá-Tim-Bum, Louro José e uma quantidade imensa de bonecos na TV) traz novas propostas de bonecos mecatrônicos.  Jucan Camargo (pintor, figurinista e cenógrafo de espetáculos de teatro e dança) traduz a ambientação necessária à cena.

“O momento mundial, conectado à covid-19, transformou as intenções, desejos e expectativas do mundo, exigindo um re-olhar de nossas posturas, uma reinvenção. Neste momento entra a arte para acolher e acalmar os espíritos, sem deixar de ser questionadora, de provocar, de trazer à tona novas e velhas raízes”, reflete Jésus Sêda.

Para Jésus, a mostra, que seguirá rigorosamente os protocolos de saúde, “traz à tona os medos e nojos enraizados, num momento propício para repensá-los e transformá-los, desde o espaço onde habitam e são expostos, para o reconhecimento de que fazem parte da evolução natural”.

Local
A utilização do saguão do Centro de Convivência se mostrou adequada já que o local irá passar por uma grande obra após o término da Mostra. “É uma transição de momentos, onde a arte deve se manter presente: uma instalação de arte, aproveitando o ambiente desativado, de certa forma nos despedindo desta fase do espaço, para abraçar a nova que virá”, destaca Jucan Camargo.

Ficha Técnica
Jésus Sêda – criação, produção e realização, criaturas animatrônicas
Jucan Camargo – cenografia e ambientação
Alexandre Farias – Assistente de cenografia
Priscila Martins – Coordenadora de elenco
Ana Paula Geremias – Comunicação
Walter Barthman – vídeo e sonorização
Daniel Dias e Gleice Severo – iluminação
Lilian Lazarette – assistência de produção

Serviço
Instalação e Mostra de Arte “Medos & Nojos”, de Jésus Seda.
Quando: de 10 a 12/10, sexta a segunda, das 9h às 14h.
Onde: Centro de Convivência Cultural (Praça Imprensa Fluminense, s/n. Campinas/SP).
A visitação seguirá todos os protocolos de saúde.

Sobre Jornal Local

Veja também

Especialistas debatem mudanças na lei de improbidade administrativa

Relator do Projeto de Lei 6726/16 na Câmara, que trata de improbidade administrativa, o deputado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *