Home / Cultura / Cinema / Festa de Sant´Ana movimenta os distritos nos dias 26, 27 e 28 de julho

Festa de Sant´Ana movimenta os distritos nos dias 26, 27 e 28 de julho

Expectativa dos organizadores é de que 30 mil pessoas participem da celebração à padroeira do distrito

A comunidade católica de Sousas promove nos dias 26, 27 e 28 de julho, na Praça Beira Rio, a 87ª Festa de Sant´Ana. Neste ano, cerca de 30 mil pessoas devem passar pelos distritos, segundo a estimativa dos organizadores.

Segundo Sonia Maria Mian, uma das organizadoras do evento, além das celebrações religiosas e da já tradicional praça de alimentação com comidas e bebidas, a festa contará ainda com apresentações culturais e shows musicais de artistas da região, entre eles a Orquestra de Violas de Valinhos.

Soninha conta também que o famoso “costelão” preparado pela comunidade está de volta! Outra novidade é o “caldinho de mandioca”, o sorvete e outra novidade é o “nhoque com porpeta” ao preço de R$ 15,00.

Esse ano, não haverá o show de prêmios e a barraca de doces inova com “doce de mil folhas” e o “strudel”. 

No dia 26, as comemorações terão início às 19h e vão até 24h. No sábado, dia 27, a festa vai das 12h às 24h. Já no domingo, começa após a missa, que acontece na Igreja e não mais na Praça está prevista para 9h30. Após a missa haverá a chegada da imagem de São Joaquim, trazida em procissão de Joaquim Egídio e a distribuição do bolo de Sant’ Ana. A partir de então, a festa prossegue até 24 horas.

Sant’ Ana, ou Santa Ana, é mãe da virgem Maria e avó de Jesus. Casada com Joaquim, teve duas outras filhas: Maria Salomé e Maria Cleófis. Sua celebração em uma festa é realizada em Sousas, onde a igreja leva seu nome, há 81 anos como forma de profissão de fé à padroeira do distrito.

A devoção aos pais de Maria é muito antiga no Oriente, onde foram cultuados desde os primeiros séculos de nossa era, atingindo sua plenitude no século VI. Já no ocidente, o culto de Santana remonta ao século 8, quando, no ano de 710, suas relíquias foram levadas da Terra Santa para Constantinopla onde foram distribuídas para muitas igrejas do ocidente, estando a maior delas na igreja de Sant’Ana, em Düren, na Alemanha.

Seu culto foi tornando-se muito popular na Idade Média, especialmente na Alemanha. Em  1378, o Papa Urbano IV oficializou seu culto . Em 1584, o Papa Gregório XIII fixou a data da festa de Sant’Ana em 26 de julho, e o Papa Leão XII a estendeu para toda a Igreja.

Sobre Jornal Local

Veja também

Zé Neves volta o Interiorano Comedy em show solo neste sábado

O comediante campineiro Zé Neves é roteirista e radialista, mas foi como humorista stand up …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *