www.jornalocal.com.br / Blogs Jornal Local / Cidades / Aplicativo da Emdec conta com novas funcionalidades

Aplicativo da Emdec conta com novas funcionalidades

Na atualização, foram adicionadas as opções “Vagas Exclusivas”, “Consulta de Transporte” e “Fale Conosco” (abertura de solicitação).

Lançado em maio, o aplicativo que reúne os principais serviços prestados pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) recebeu uma nova versão neste mês de julho. Três novas opções foram adicionadas, elevando o total de funcionalidades disponíveis para doze.

Na atualização, foram adicionadas as opções “Vagas Exclusivas”, “Consulta de Transporte” e “Fale Conosco” (abertura de solicitação). “Aprimoramos a ferramenta, adicionando recursos que facilitam, ainda mais, a vida da população. Nosso intuito é que, gradativamente, todas as solicitações dirigidas à Emdec possam ser viabilizadas na palma da mão, de maneira prática e ágil”, explica o secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro. A previsão é que o aplicativo receba mais uma nova atualização no mês de agosto.

Pelo novo recurso “Vagas Exclusivas”, é possível solicitar e emitir credenciais para estacionamento em vagas especiais, destinadas aos idosos, pessoas portadoras de deficiência e com dificuldade de locomoção.

A solicitação é feita mediante a indicação do CPF e data de nascimento do beneficiário, seguida de preenchimento dos dados pessoais (nome, RG, filiação, sexo, endereço, telefone e e-mail). Pessoas com deficiência devem indicar também a Classificação Internacional de Doenças (CID-10).

A última etapa consiste em anexar cópia do documento de identificação. Esse processo se torna muito mais intuitivo no aplicativo, já que os documentos podem ser enviados diretamente do celular, bastando usar a câmera do aparelho para tirar uma foto.

Sobre Jornal Local

Veja também

Pandemia em Campinas ainda segue em alta com 29 mortes e 474 novos casos

Campinas registrou 29 novas mortes em decorrência do novo coronavírus, agora são 2.764 óbitos (eram …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *