www.jornalocal.com.br / Blogs Jornal Local / Cidades / Emdec suspende cadastramento de usuários de alguns bilhetes únicos

Emdec suspende cadastramento de usuários de alguns bilhetes únicos

Trata-se de medida emergencial e temporária, que visa a prevenção do contágio pelo novo coronavírus.

Mais uma medida de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) será colocada em prática pela Administração municipal. A partir desta quarta-feira, 25 de março, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) suspende o cadastramento de usuários para os benefícios do Bilhete Único (BU) Escolar, Universitário e Idoso. No caso dos bilhetes Escolar e Universitário, fica suspensa também a comercialização de créditos.

Durante o período de suspensão do cadastramento e da comercialização de créditos, os bilhetes Escolar e Universitário não serão aceitos no sistema de transporte público. Também fica suspensa a utilização do Bilhete Único Idoso nos validadores dos veículos.

“A principal recomendação das autoridades sanitárias é que as pessoas evitem aglomerações e fiquem em suas casas. Neste momento de crise, a nossa preocupação é preservar vidas e minimizar o número de pessoas nas ruas, sem deixar de garantir o atendimento mínimo de transporte”, explica o secretário de Transportes e presidente da Emdec, Carlos José Barreiro.

Trata-se de medida emergencial e temporária, que visa a prevenção do contágio pelo novo coronavírus. A determinação leva em conta a suspensão das aulas presenciais, eventos escolares e acadêmicos presenciais, prevista no Decreto nº 20.771/2020. Considera ainda a decretação de estado de calamidade e de quarentena no município, conforme Decreto nº 20.782/2020; e a necessidade de proteger a vida e a saúde da pessoa idosa, tratada pela Lei Federal nº 10.741/2003.

A Emdec já iniciou as tratativas junto à Transurc (Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas), empresas concessionárias e do serviço alternativo para que a mudança seja implementada plenamente, em todo sistema de transporte. Cartazes informativos estão sendo afixados nos terminais urbanos.

As medidas foram formalizadas por meio das resoluções Nº 90/2020 e 91/2020, publicadas na edição eletrônica do Diário Oficial do Município desta quarta-feira, 25 de março, no endereço www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial.

Idoso

As pessoas com 65 anos ou mais terão garantida a gratuidade no transporte público, assegurada pela Constituição e Lei Federal nº 10.741/03. Fica, portanto, garantido o acesso dessa população à rede de saúde por meio do transporte público. Porém, os agentes da Mobilidade Urbana assumirão o papel de orientar esse grupo sobre a necessidade de evitar aglomerações de pessoas. 

“Nossa equipe atuará nos terminais urbanos, avaliando junto a todos os usuários, as razões do uso do transporte público. E recomendando, da maneira mais serena possível, que a prática seja evitada e que as pessoas retornem para as suas casas”, completa o secretário de Transportes.

A Emdec reforça a recomendação para que, neste momento de esforço coletivo, os terminais urbanos e principais pontos de embarque sejam utilizados por todos os usuários do transporte, somente em caso de extrema necessidade.

Sobre Jornal Local

Veja também

Campinas tem 44 novos casos confirmados de coronavírus

Entre os pacientes confirmados, sete estão internados, sendo que seis estão em estado grave. Novos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *