quinta-feira , 25 maio 2017
Home / Blogs / Cidades / Morador de área rural de Sousas está internado com suspeita de febre amarela

Morador de área rural de Sousas está internado com suspeita de febre amarela

 

A Secretaria Municipal de Saúde informa que investiga um caso suspeito de febre amarela de um morador de Campinas. Trata-se de um homem, de 63 anos. Ele está internado em um hospital público do município e está evoluindo bem. O início dos sintomas foi no dia 2 de abril. Desde janeiro, outros três casos suspeitos da doença de moradores de Campinas foram investigados e descartados.

O paciente é caseiro e mora no Colinas do Atibaia a 1 km de onde foram encontrados três macacos positivos para febre amarela numa área rural do município. Uma equipe da Secretaria de Saúde que atua na vacinação passou na casa dele no dia 25 de março. Como ele não estava, foi deixada orientação para que ele fosse ao Centro de Saúde do seu bairro para tomar a dose da vacina, mas não compareceu.

 

Área rural onde foram encontrados 3 macacos contaminados com febre amarela
Área rural onde foram encontrados 3 macacos contaminados com febre amarela

 

O exame para confirmar ou descartar a doença está sendo processado no laboratório do Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.

Este caso é exemplar no sentido de reforçar a importância de os moradores da área rural de Campinas serem vacinados. A Secretaria de Saúde de Campinas vem ampliando a vacinação contra a febre amarela e já aplicou 76.301 doses contra a febre amarela desde janeiro, a maioria na área rural do município.

A partir de segunda-feira, 17 de abril, a vacinação será estendida para todos os Centros de Saúde da cidade. Na quinta-feira, 13 de abril, a estratégia de vacinação, que está sendo finalizada, será amplamente divulgada.

 

Sobre Jornal Local

Veja também

guilherme-de-almeida-biblioteca-sousas

Biblioteca de Sousas deve ser reaberta em maio

A biblioteca de Sousas, “Guilherme de Almeida” deve voltar ao mesmo endereço em que funcionava …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *