www.jornalocal.com.br / Blogs Jornal Local / Cidades / Número de infectados volta a crescer em Campinas, após feriado de 7 de setembro

Número de infectados volta a crescer em Campinas, após feriado de 7 de setembro

O prefeito fez um apelo para que as pessoas mantenham os cuidados para que não haja aumento no número de casos

Os novos dados da Covid-19 em Campinas foram atualizados nesta sexta-feira, dia 18 de setembro, pelo prefeito Jonas Donizette, durante transmissão ao vivo. São 31.390 casos confirmados (213 a mais que a última divulgação), 61.572 descartados (580 a mais) e 571 em investigação (28 a menos). Foram confirmadas mais 12 mortes (veja abaixo), totalizando 1.175 óbitos em decorrência da doença. Outras 20 mortes (2 a mais) estão em investigação.

Do total de confirmações, 29.541 pessoas estão recuperadas (135 a mais), 304 estão internadas (13 a menos) e 370 estão em isolamento domiciliar (79 a mais).

O prefeito fez um apelo para que as pessoas mantenham os cuidados para que não haja aumento no número de casos. “Depois da posse do Ministro do Supremo, várias autoridades contraíram coronavírus. Isso mostra que precisamos continuar atentos e tomar todos os cuidados, evitando aglomerações, usando máscara e álcool gel”, disse.

O secretário de Saúde, Carmino de Souza, explicou que os dados da última semana apontam que o descuido de algumas pessoas no feriado de 7 de Setembro já está sendo sentido nos números de Campinas. “Todos precisam acreditar que as aglomerações são benéficas apenas para o vírus. O vírus gosta de gente, por isso, quanto mais gente aglomerar, maior o risco”, disse.

Ainda segundo o secretário, os atendimentos na atenção primária vinham em curva decrescente e agora se estabilizaram; não subiram, mas deixaram de cair, o que merece atenção. Na regulação, também houve aumento da pressão por leitos de retaguarda e na Rede Mário Gatti foi possível sentir maior procura pelos serviços por pessoas com sintomas gripais.

Atendimentos

Desde o início da pandemia, os Centros de Saúde da cidade realizaram mais de 225 mil atendimentos de pacientes Covid-19. Foram 55.772 atendimentos presenciais e mais de 170 mil teleatendimentos.

“Esses números são todos da atenção básica. Se juntarmos com os atendimentos feitos nas UPAs e hospitais, isso se multiplica. É impressionante o número de atendimentos que nós realizamos”, disse o secretário de Saúde, Carmino de Souza.

Balanço de casos em Campinas

Casos confirmados: 31.390 (+213)

Em investigação: 571 (-28)

Suspeitas descartadas: 61.572 (+580)

Óbitos em investigação: 20 (+2)

Pessoas internadas: 304 (-13)

Pessoas em isolamento domiciliar: 370 (+79)

Pessoas recuperadas: 29.541 (+135)

Mortes: 1.175 (+12)

Sobre as vítimas

Entre as mortes confirmadas, seis eram mulher e seis homens. Onze tinham outras comorbidades e um não. Do total de vítimas, 11 eram maiores de 60 anos, sendo duas entre 80 e 89, seis entre 70 e 79 anos e três entre 60 e 69 anos. A outra tinha entre 50 e 59 anos.

– Homem, de 88 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 29 de agosto em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Mulher, de 71 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 09 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Homem, de 84 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 10 de setembro em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Mulher, de 75 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 16 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Mulher, de 79 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 16 de setembro em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 58 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 16 de setembro em hospital público. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Mulher, de 64 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 17 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Mulher, de 70 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 17 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Homem, de 70 anos, que não tinha outras doenças. Morreu no dia 04 de junho em domicílio. O exame foi clínico epidemiológico.

– Homem, de 69 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 17 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Homem, de 65 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 18 de setembro em hospital privado. O exame foi feito no Instituto Adolfo Lutz.

– Mulher, de 78 anos, que tinha outras doenças. Morreu no dia 10 de agosto em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

Informações

Todas as informações sobre o novo coronavírus ou Covid-19 podem ser acessadas no endereço covid-19.campinas.sp.gov.br/. Na ferramenta, as pessoas encontram todas as medidas do Comitê Municipal de Enfrentamento da Pandemia de Infecção Humana pelo Novo Coronavírus e também podem tirar dúvidas e ter acesso à atualização dos dados da pandemia em Campinas.

Sobre Jornal Local

Veja também

Campinas confirmou mais cinco mortes pelo Covid-19

Com relação à faixa etária, quatro tinham mais de 60 anos, sendo três com mais …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *