segunda-feira , 15 outubro 2018
Home / Blogs / Cidades / Reforma do prédio da 12ª Delegacia de Sousas deve ser finalizada em setembro

Reforma do prédio da 12ª Delegacia de Sousas deve ser finalizada em setembro

Havia goteiras, infiltrações no prédio e o telhado precisava ser totalmente refeito

A reforma da 12ª Delegacia de Polícia de Sousas, que já dura quatro meses, agora vai chegando ao seu final. A previsão é que as obras terminem até meados de setembro, quando uma cerimônia de reabertura fará a entrega do prédio.

No prédio onde atualmente funciona a delegacia sobravam problemas. A fiação precisava de reparos. Havia goteiras, infiltrações, e o telhado precisava ser totalmente refeito. O prédio construído em 93 foi uma iniciativa de empresários e moradores da região, que na época arrecadaram materiais e dinheiro para construção da delegacia em Sousas.

Diante das condições precárias da delegacia, o tema foi levado em discussão com a diretoria do Conseg, e ganhou corpo junto aos seus membros do Conselho de Segurança de Sousas e Joaquim Egídio (CONSEG),em reunião realizada mensalmente.

Com a mobilização da comunidade local foi possível iniciar o projeto de reforma, através de recursos financeiros obtidos exclusivamente de empresários da região.

A comissão indicada pelo Conseg decidiu iniciar o projeto da reforma em quatro etapas: telhado, elétrica, hidráulica e pintura. O telhado ganhou acústica com as telhas sanduíches. Finalizada essa etapa, a parte elétrica foi totalmente refeita, com a troca de fiação e lâmpadas de led. Essa fase da reforma foi custeada por uma antiga verba do Conselho de Segurança de Sousas e Joaquim Egídio.

Infelizmente, a obra teve que ser interrompida, pois faltou verba para pagar a reforma dos banheiros. Mas, recentemente dois empresários da região, Pedro de Oliveira do restaurante Fogão Mineiro e Fernando Garnero presidente da Ima Associados, se prontificaram a dividir o custo de mão de obra do pedreiro.

Finalizada as reformas, as paredes da 12ª Delegacia ganharam novas cores. As tintas e mão de obra, já estão garantidas pelo recurso que vem da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

Nelson Cayres, 2º secretário do Conseg, disse que a ideia da Campanha da Reforma aconteceu devido a uma visita de boas-vindas ao novo delegado titular, João Sérgio Marques. “Neste dia estava chovendo e estávamos na sala do delegado conversando, quando tivemos que mudar as cadeiras para escapar das goteiras”, conclui.

De acordo com o investigador Jones, a reforma possibilitará um melhor atendimento a população. “Depois da reforma vamos mudar a logística de atendimento, pois antes não era possível devido as tomadas que não funcionavam”, afirmou.

A atuação das subprefeituras dos dois distritos será fundamental nos trabalhos, principalmente com a mão de obra dos reeducandos. “A força-tarefa começara a ser executada numa ação proativa dos reeducandos”, explica Mauro Calvo, subprefeito de Sousas.

 

 

Sobre Jornal Local

Veja também

Haddad fala em unir democratas e debater “olho no olho” no 2º turno

O candidato à Presidência da República, Fernando Haddad, durante declaração após resultado do primeiro turno …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *