quarta-feira , 16 outubro 2019
Home / Blogs Jornal Local / Cidades / Rodovia D. Pedro registra no feriado a passagem de mais de 700 mil veículos

Rodovia D. Pedro registra no feriado a passagem de mais de 700 mil veículos

Região Metropolitana de Campinas (RMC) e as praias do litoral norte, a rodovia D. Pedro I (SP-065) foi a mais movimentada

A Concessionária Rota das Bandeiras registrou a passagem de 709.002 veículos no Corredor Dom Pedro, durante a Operação Especial de Corpus Christi, realizada entre a quarta-feira, dia 19 de junho, e o domingo (23). O número ficou 3% acima do previsto inicialmente pela Concessionária.

No mesmo período, foram registrados 21 acidentes e nove pessoas feridas. Nenhuma pessoa morreu. “O saldo é bastante positivo. Mesmo com toda movimentação, tivemos, em média, quatro acidentes por dia. Isso reflete o trabalho realizado pela concessionária, mas, principalmente, a conscientização dos motoristas que utilizam o sistema viário”, analisa o coordenador de tráfego da Rota das Bandeiras, Murilo Perez.

Principal meio de ligação entre a Região Metropolitana de Campinas (RMC) e as praias do litoral norte, a rodovia D. Pedro I (SP-065) foi a mais movimentada de todo o Corredor Dom Pedro. Por ela passaram 473.254 veículos.

Também na região de Campinas, a rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332) recebeu a passagem 112.832 veículos. Já na região de Jundiaí, 99.125 passaram pela rodovia Eng. Constâncio Cintra (SP-360) e 23.791 pela Romildo Prado (SP-063), que liga as cidades de Itatiba e Louveira.

Para garantir a agilidade em casos de socorros médicos e mecânicos, guinchos e ambulâncias foram posicionados em pontos estratégicos de todo o Corredor Dom Pedro. As vias receberam o monitoramento de 91 câmeras que enviam imagens do tráfego em tempo real ao Centro de Controle Operacional (CCO) da Concessionária. O trabalho contou com o apoio da Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp).

Comparativo

A movimentação de veículos no Corredor Dom Pedro durante o feriado de Corpus Christi deste ano apresentou uma alta de 49,7% quando comparado à mesma data do ano passado. Em 2018, a movimentação foi prejudicada devido à greve dos caminhoneiros, que comprometia o abastecimento dos postos de combustível. Em 2018, a Rota das Bandeiras registrou a passagem de 473.416 veículos, com 17 acidentes e sete pessoas feridas.

Sobre Jornal Local

Veja também

CS de Sousas será reformado a partir da segunda semana de novembro

O atendimento será improvisado em local ainda não definido A Prefeitura de Campinas reformará o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *