terça-feira , 21 janeiro 2020
www.jornalocal.com.br / Blogs Jornal Local / Cidades / Rota das Bandeiras obtém liberação para conclusão da remodelação do Trevo dos Amarais, em Campinas

Rota das Bandeiras obtém liberação para conclusão da remodelação do Trevo dos Amarais, em Campinas

Viaduto em construção no Trevo dos Amarais, em Campinas. Crédito: Divulgação / Rota das Bandeiras

A Concessionária Rota das Bandeiras, empresa responsável pela administração do Corredor Dom Pedro de rodovias, obteve uma portaria da Superintendência do Patrimônio da União (SPU) que autoriza a realização de obras de infraestrutura em uma área federal, na região dos Amarais, em Campinas. Com a liberação do terreno, ocupado até então pelo CTI Renato Archer, a Concessionária dará prosseguimento às obras de remodelação do dispositivo, no km 143 da rodovia D. Pedro I (SP-065). O cronograma da Rota das Bandeiras prevê que o novo Trevo dos Amarais seja liberado para o tráfego até o fim do ano.


“A liberação da área é uma importante conquista a todos os usuários da região, já que o atual Trevo está saturado, sendo um gargalo para o trânsito da rodovia D. Pedro I. Devemos ressaltar a compreensão por parte da direção do CTI da necessidade da obra para que houvesse essa liberação”, destaca o diretor-presidente da Rota das Bandeiras, Douglas Longhi.

Desde o ano passado, a Concessionária havia retomado as obras de remodelação do dispositivo. Sem a liberação da área federal, contudo, havia o risco de que a intervenção fosse paralisada.

“A estrutura dos dois novos viadutos já está praticamente concluída e, com esta autorização, será possível fazer a construção das alças e conectá-las ao viário municipal. A remodelação do Trevo dos Amarais, juntamente com a conclusão da marginal da D. Pedro I até a Anhanguera, são as últimas obras do grande pacote de melhorias no trecho urbano de Campinas, região de maior movimento em todo o Corredor Dom Pedro, com média diária de 125 mil veículos”, explica o engenheiro responsável pelas obras, Rodrigo Lemos.

A construção das pistas marginais segue em ritmo acelerado e parte dos dois quilômetros em obras já foi pavimentado. A Concessionária também já construiu os dois novos viadutos sobre a linha férrea, próximos ao entroncamento com a Anhanguera.  A D. Pedro I conta com vias auxiliares, nos dois sentidos, entre os trevos da Leroy Merlin e Amarais, do km 129 ao km 143. A implantação das marginais e remodelação dos dispositivos na região conta com investimento total de R$ 183,3 milhões (base julho/2019), totalmente custeado pela Concessionária.

Com o prosseguimento da obra na região dos Amarais, uma primeira alteração no tráfego está programada para ocorrer já na próxima quarta-feira, 15 de janeiro. A antiga alça de saída para quem está na avenida Comendador Aladino Selmi e quer acessar a pista sul (sentido Jacareí) da D. Pedro I será interditada. Uma nova alça será liberada, de forma provisória. Para acessá-la, os motoristas deverão prosseguir por 500 metros pela avenida, para fazer o retorno na altura do Jardim São Marcos.

“À medida que a obra for avançando, outras mudanças irão ocorrer na região, como a desativação do antigo viaduto. Todas as etapas, contudo, serão previamente divulgadas”, conclui Lemos.

Os motoristas que desejarem mais informações sobre a obra poderão entrar em contato com a Rota das Bandeiras por meio do telefone 0800-770-8070. A ligação é gratuita e o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) funciona 24 horas.

Sobre Jornal Local

Veja também

Policial é baleado e 6 pessoas são presas em operação na Cracolândia

São Paulo – Região entre a Estação da Luz e o Viaduto Santa Ifigênia, conhecida …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *