www.jornalocal.com.br / Brasil / Governadores garantem atendimento a pacientes do coronavírus

Governadores garantem atendimento a pacientes do coronavírus

A medida, segundo a governadora, é importante porque “a gente precisa ampliar urgentemente o atendimento aos pacientes suspeitos ou confirmados,

Enquanto Jair Bolsonaro troca acusações com governadores do Rio de Janeiro e de São Paulo e mostra toda completa incapacidade para liderar o país, estados comandados por petistas mostram união e empenho para evitar os efeitos da pandemia do coronavírus no Nordeste.

Além das ações em conjunto previstas para acontecer em toda a região, a partir de decisões tomadas pelo Consórcio Nordeste, Bahia e Rio Grande do Norte já estão se prevenindo para que uma crise na saúde pública não chegue aos estados.  “Nós requisitamos, por meio de portaria, o prédio desativado do Hospital Papi, os 150 leitos e toda a estrutura que estão lá dentro.” O empenho de nossa equipe na força tarefa de contenção e de proteção à nossa população, contra a pandemia do Coronavírus, não para em nenhum momento”, publicou a governadora do RN, Fátima Bezerra.

A medida, segundo a governadora, é importante porque “a gente precisa ampliar urgentemente o atendimento aos pacientes suspeitos ou confirmados, pois  o número de casos está aumentando”. Fátima também pede que, quem puder, fique em casa!. “Colaborem com o cumprimento das medidas que nós anunciamos na última sexta-feira, medidas de isolamento social. Essa é a mais eficaz das prevenções”.

Na Bahia, Rui Costa, realizou reunião com toda a sua equipe para analisar a lei de garantia de leitos hospitalares para os possíveis pacientes do coronavírus. “Já fizemos uma verificação de vários hospitais e vamos reativar Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) no Interior do Estado”.

Costa também comentou sobre o decreto do governo federal que derruba a proibição da circulação interestadual e entre cidades. “Quero reafirmar que na Bahia e no Nordeste vamos continuar com estas ações. É preciso que o governo federal preze pela vida das pessoas. É melhor prevenir do que remediar.

Sobre Jornal Local

Veja também

Ministro Alexandre de Moraes pede informações a Bolsonaro sobre conduta contra pandemia

Presidente da República tem prazo de 48 horas para responder. (Marcelo Camargo/Agência Brasil) Relator da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *