quarta-feira , 12 dezembro 2018
Home / Cidades / Radares de projeto experimental vão prever chuvas em Campinas

Radares de projeto experimental vão prever chuvas em Campinas

radares
Aparelhos vão prever precipitação. (Foto: Fernanda Sunega)

Representando o prefeito Jonas Donizette, o vice-prefeito de Campinas, Henrique Magalhães Teixeira, participou na manhã desta quinta-feira, 6, do workshop sobre o início da operação do radar meteorológico e também de apresentação do projeto SOS Chuva, realizado na Unicamp.

“O SOS Chuva é um instrumento que demostra a vanguarda de Campinas como cidade resiliente e que abraça agora toda nossa região. O sistema será capaz de prever tempestades severas. Estão de parabéns as instituições participantes”, disse o vice-prefeito.

Henrique Magalhães Teixeira conheceu o radar que vai operar em Campinas por 24 meses (duas estações chuvosas), em caráter experimental. O equipamento está instalado em frente ao Museu Exploratório de Ciências, na região mais alta da Unicamp.

O radar vai capturar eventos intensos de precipitação que forneçam as bases para o estudo dos processos físicos no interior das nuvens. O objetivo é aprimorar a previsibilidade em curto prazo, a detecção de severidade e a estimativa de precipitação com radar e satélite em alta resolução temporal e espacial.

SOS Chuva

A Prefeitura de Campinas, por meio da Defesa Civil, é parceira do projeto SOS Chuva e será a responsável pela instalação de equipamentos para medição do nível de elevação de rios, ribeirão e córregos da cidade. Os equipamentos funcionarão experimentalmente em vários pontos da cidade, segundo o diretor da Defesa Civil de Campinas, Sidnei Furtado.

Ele explica que a Defesa Civil e Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas) também estudam inserir os mapeamentos de áreas de riscos dos 20 municípios da região metropolitana no sistema de informações e imagens do radar meteorológico. “Isso daria maior agilidade para o planejamento de medidas relativas aos eventos meteorológicos”, disse Sidnei Furtado.

O lançamento do projeto contou com a participação da Defesa Civil do Estado de São Paulo, que será a responsável pela emissão de alertas para Campinas e as demais 19 cidades da região metropolitana.

O projeto SOS Chuva (Sistema de Observação e Previsão de Tempo Severo) é do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), ligado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), envolvendo o Cepagri Unicamp e a Universidade de São Paulo (USP).

O workshop foi organizado pelo Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri), pelo Laboratório de Estudos Urbanos (Labeurb) com apoio da Coordenadoria de Centros e Núcleos Interdisciplinares de Pesquisas (Cocen).

Sobre Jornal Local

Veja também

Emdec realiza Operação Volta às Aulas

Com o recomeço do ano letivo, após o período de férias julinas, a Empresa Municipal …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *