segunda-feira , 15 outubro 2018
Home / Cultura / Arte Medieval e Festival de Cultura Cafeeira movimentam o Lago do Café

Arte Medieval e Festival de Cultura Cafeeira movimentam o Lago do Café

O Lago do Café, no Taquaral, promete boas surpresas ao público neste fim de semana. Dois espaços situados naquele complexo estarão com atrações especiais: na Casa de Vidro será aberta no sábado, 11 de agosto, a exposição Arte Medieval, do artista plástico Anderson Barbosa; e no Museu do Café, no mesmo dia, o 3º Festival da Cultura Cafeeira de Campinas, que prossegue também no domingo, 12.

 

Arte Medieval

Esculpido e forjado em ferro com o ângulo feito a mão e chapa de aço de reciclagem sem o uso de máquinas elétricas, o artista plástico Anderson Barbosa dá forma a um escudo. O pedaço de madeira de estrado de cama vira parte de uma espada. Assim, ao garimpar e transformar materiais de sucata em obras de arte, Barbosa apresenta a exposição Arte Medieval, na Casa de Vidro, a partir deste sábado, 11, até 31 de agosto.

A mostra reúne 20 peças com objetos que revisitam a Idade Média, como lança, espada, escudo, machado, moinho, borduna, elmo, entre outros, criados com equipamentos manuais, “nada de elétrico”, frisa o artista, filho de ferramenteiro que passou a infância vislumbrando sua arte mesmo diante de um pedaço de ferro. “Fui garimpando matéria-prima para dar formato aos objetos. Sempre tudo manual. Até um vaso de flor que na serra demoraria menos de um dia, levo uns 15 dias para concluir. É tudo na unha”, conta o artista paulistano radicado em Campinas há cinco anos.

Sobre a coleção, Barbosa cita, ainda, a borduna, um tipo de taco ou bastão mais grosso numa das extremidades e geralmente feito de algum material sólido – “podendo ser de madeira, pedra ou metal” – normalmente utilizado para fins de necessária força física ou em batalhas de estilo corpo a corpo. “Essa peça, esculpida em madeira e ferro, com material encontrado no lixo, foi feita em dois dias e meio”, revela.

 

Festival de Cultura Cafeeira

Na sua terceira edição, o Festival de Cultura Cafeeira acontece no sábado e domingo, 11 e 12, no Museu do Café, com visitas monitoradas ao acervo.

O público poderá apreciar as exposições “Da Tela para o Barro”, de Charles Maer, e “Ingredientes, da fotógrafa Zaida Siqueira. Na programação musical, um repertório eclético com o grupo de viola caipira de Campinas, a dupla Bill e Branco, Márcio de Freitas e Revanche Imediata e catira.

Na praça de alimentação, uma culinária variada que terá como atrativo algum elemento do seu cardápio feito a base de café. Durante o Festival, atores caracterizados como personagens medievais estarão convidando o público para a exposição Arte Medieval na Casa de Vidro.

 

Serviço

3º Festival de Cultura Cafeeira de Campinas

Quando: sábado e domingo, 11 e 12 de agosto, das 9h às 18h.

Onde: Museu do Café (Lago do Café – Av. Dr. Heitor Penteado, 2.145. Taquaral).

Entrada gratuita.

 

Exposição “Arte Medieval”

Quando: 11 a 31 de agosto. De terça a sexta, das 10h às 17h; sábados, 10h às 13h. A mostra estará aberta excepcionalmente neste domingo, 12, em razão do Festival de Cultura Cafeeira.

Onde: Casa de Vidro ((Lago do Café – Av. Dr. Heitor Penteado, 2.145. Taquaral).

Entrada gratuita.

 

Sobre Jornal Local

Veja também

Projeto Guri envia jovens para intercâmbio no Malawi, Noruega e Moçambique

  Seis jovens participarão do MOVE (Musicians and Organizers Volunteer Exchange), programa de intercâmbio para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *