quarta-feira , 23 janeiro 2019
Home / Cultura / Cinema / Prefeitura publica autorização para licitação das reformas do Convivência

Prefeitura publica autorização para licitação das reformas do Convivência

A partir do dia 9 de janeiro deverá ser publicado o edital de licitação, já com o detalhamento da obra e o projeto executivo. A previsão é que em 12 de fevereiro seja feita a disputa entre as empresas com a apresentação das propostas.

 

As obras de revitalização do Centro de Convivência Cultural de Campinas (CCCC) serão iniciadas a partir de 2019. O presente para a cidade começa a se tornar realidade nesta sexta-feira, dia 28 de dezembro, com a publicação no Diário Oficial do Município da autorização para a realização da licitação. No dia 9 de janeiro de 2019 deverá ser publicado o edital de licitação, já com o detalhamento da obra e o projeto executivo. A previsão é que em 12 de fevereiro seja feita a disputa entre as empresas que se interessarem pela obra, com a apresentação das propostas. A obra, orçada em quase R$ 41 milhões, tem prazo de execução de 24 meses.

 

Depois de revitalizar a Glicério, recuperar a Concha Acústica e a Caravela, na Lagoa do Taquaral, a Pedreira do Chapadão, e o Lago do Café, com a restauração da Casa de Vidro e o Museu do Café, agora chegou a vez do Centro de Convivência”, comemora o prefeito Jonas Donizette. Ele lembra que ao mesmo tempo que vai gerar empregos e valorizar a área, o local volta a ser um centro de cultura para a cidade.

 

O material estará todo disponível e detalhado no edital para que as empresas que queiram concorrer para fazer a obra saibam exatamente o que deve ser feito. Uma vez que a empresa ganhe, ela vai ter que entregar a obra no prazo”, explica o secretário de Cultura de Campinas, Ney Carrasco. Ele conta que desde o início da atual Administração, em janeiro de 2013, a primeira medida da pasta foi levantar todo o material sobre o Centro de Convivência. “O processo foi longo porque esse tempo foi necessário. Em nenhum momento ficou parado”, explica.

 

Reforma e atualização

 

Os recursos para a reforma foram garantidos com o Governo do Estado, por meio de um convênio assinado neste ano pelo ex-governador Geraldo Alckmin, dias antes de se afastar para disputar as eleições. Desde então, detalhes técnicos do projeto executivo para a recuperação do espaço foram revisados e atualizados por técnicos do Estado e da Prefeitura, até a conclusão do processo burocrático.

 

O projeto para a reforma do local, uma referência para as artes em Campinas, foi realizada pela empresa Falcão Bauer, a partir de um Termo de Acordo de Compromisso (TAC) firmado com a Prefeitura. Na época, vários testes foram realizados para confirmar que a estrutura do anfiteatro, do teatro subterrâneo e demais instalações que compõem o Centro de Convivência, não estavam comprometidas e tinham condições estruturais que suportassem sua utilização. Em dezembro de 2014, a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas se apresentou no teatro de arena em um concerto de final de ano para celebrar a boa notícia de que a demolição havia sido descartada.

 

Além da recuperação de todas as estruturas do Centro de Convivência, novos equipamentos serão instalados, com adequação às normas de segurança do Corpo de Bombeiros para espaços de grande circulação de pessoas. Na revitalização serão valorizadas as estruturas da área cênica, de iluminação e acústica do teatro.

Primeiro será feita toda a parte de concreto, hidráulica, elétrica e de impermeabilização do Centro de Convivência. Depois, virá a instalação das placas para o tratamento acústico, a maquinaria do teatro, a parte cênica, as cabines técnicas”, explica o secretário de Cultura. Segundo Ney Carrasco, tudo tem sido planejado para que o teatro seja de nível internacional, como é a Sala São Paulo, na Capital.

 

Marco histórico

 

O Centro de Convivência Cultural de Campinas (CCCC) faz parte da história da cidade desde 9 de setembro de 1976, quando foi inaugurado. Fica na Praça Imprensa Fluminense e tem projeto original do arquiteto Fábio Penteado.

 

A área total do teatro do Centro de Convivência é de cerca de 6,3 mil metros quadrados, sendo aproximadamente 4 mil de área externa (teatro de arena) e 2 mil de área interna (sala de espetáculo e galeria).

 

O espaço já foi palco para grandes apresentações, peças teatrais e shows com artistas de projeção nacional e internacional.

 

Desde a inauguração, o teatro de arena e o teatro interno nunca passaram por uma reforma completa e estrutural como a que será realizada por meio do convênio com o governo do Estado.

Sobre Jornal Local

Veja também

Inscrições para Pontos e Pontão de Cultura encerram no próximo dia 15

As 21 entidades a serem selecionadas como Pontos de Cultura receberão o apoio financeiro de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *