www.jornalocal.com.br / Destaques / Mesmo com maior bancada de novo, PSB perde força na Câmara

Mesmo com maior bancada de novo, PSB perde força na Câmara

camara-de-campinas

Apesar de ter a maior bancada novamente, o PSB, partido do prefeito reeleito Jonas Donizette, perde força na nova configuração da Câmara. O partido, que tinha oito vereadores, terá agora apenas seis. A Câmara terá 17 partidos outra vez. O Solidariedade e o PROS dão lugar a PTN e PRB. 23 vereadores foram reeleitos e 10 assumem em 2017.

Neusa do São João e Jota Silva, ambos do PSB, não conseguiram se reeleger. O partido aliado do prefeito terá até 2020 seis vereadores, Antônio Flores, Luis Yabiku, Pastor Elias, Paulo Gautério, Vinícius Gratti e Zé Carlos, todos reeleitos. Mesmo com vitória disparada para prefeito, o PSB não conseguiu emplacar novos vereadores.

Mudanças

A Câmara segue com 17 partidos, com apenas duas mudanças dentre os partidos. Vereadores do SD (Cid Ferreira e Jairson Canário) e do PROS (Cidão Santos) não conseguiram a reeleição e deixam os partidos sem representantes. Fernando Mendes (PRB) e Nelson Hossri (PTN) foram eleitos e colocam dois novos partidos na Câmara.

O PSDB manteve seus quatro vereadores, Jorge da Farmácia, Luiz Henrique Cirilo, Gilberto Vermelho e Marcos Bernardelli, assim como o PP: Rafa Zimbaldi e Tico Costa foram reeleitos. Jeziel Silva não foi, mas Rodrigo da Farmácia ficou entre os mais votados e assume em 2017.

O PT, que tinha três vereadores, perdeu um, Ângelo Barreto. Carlão e Pedro Tourinho seguem. O PTB também apresentou baixa. Thiago Ferrari deixa a Câmara, Jorge Schneider continua. O DEM (Campos Filho), PMB (Aurélio Cláudio), PPS (André Von Zuben) e o PC do B (Gustavo Petta) conseguiram reeleger seus candidatos únicos na Câmara para os próximos anos.

Já o PSD aumentou para três o número de vereadores. Se saiu Artur Orsi para tentar a prefeitura, entraram Tenente Santini, Marcelo Silva e Aílton da Farmácia, todos novatos. O PR além de reeleger o Professor Alberto, colocou Filipe Marchesi entre os eleitos. Assim como o PSC, que já tinha Carmo Luiz, reeleito, e terá também Rubens Gás.

O PSL manteve Edison Ribeiro na Câmara e o PSOL teve uma troca. Paulo Bufalo não conseguiu a reeleição apesar de ter sido o sétimo mais votado, mas Mariana Conti foi a mais votada dentre os novos vereadores eleitos, mantendo a sigla na Câmara. O PV reelegeu Luís Rossini e elegeu Permínio Monteiro, tendo agora dois representantes.

Números

O mais votado foi  Rafa Zimbaldi (PP), atual presidente da Câmara, com 11.640  votos.  Já os vereadores mais longevos da Casa serão Aurélio Cláudio (PMB) e Campos Filho (DEM), com cinco mandatos seguidos.  Sousas e Joaquim Egídio seguem apenas com um representante, Luiz Henrique Cirilo, do PSDB, que foi reeleito.

Foram 521.930 votos válidos (82,06%), 67.141 nulos (10,56%) e 46.986 votos brancos (7,39%). Confira abaixo a lista dos vereadores reeleitos, dos não reeleitos e dos novos vereadores.

Vereadores reeleitos

André Von Zuben (PPS) – 3.991 votos (0,76%)

Antonio Flôres (PSB) – 4.308 votos (0,83%)

Aurélio Cláudio (PMB) -3.510 votos (0,67%)

Campos Filho (DEM) – 7.314 votos (1,40%)

Carlão do PT – 2.241 votos (0,43%)

Carmo Luiz (PSC) – 3.172 votos (0,61%)

Edison Ribeiro (PSL) – 4.858 votos(0,93%)

Gilberto Vermelho (PSDB) – 4.873 votos (0,93%)

Gustavo Petta (PC do B) – 4.211 votos (0,81%)

Jorge Schneider (PTB) – 4.347 votos (0,83%)

Jorge da Farmácia (PSDB) – 6.057 votos (1,16%)

Luis Yabiku (PSB) – 3.332 votos (0,64%)

Luiz Henrique Cirilo (PSDB) -6.805 votos (1,30%)

Luiz Rossini (PV) – 3.767 votos (0,72%)

Marcos Bernardelli (PSDB) – 5.044 votos (0,97%)

Pastor Elias (PSB) – 4.029 votos (0,77%)

Paulo Galtério (PSB) – 2.789 votos (0,53%)

Pedro Tourinho (PT) – 7.001 votos (1,34%)

Professor Alberto (PR) – 6288 votos (1,20%)

Rafa Zimbaldi (PP) – 11.640 votos (2,23%)

Tico Costa (PP) – 3.601 votos (0,69%)

Vinicius Gratti (PSB) – 4.854 votos (0,93%)

Zé Carlos (PSB) – 5.791 votos (1,11%)

Novos vereadores eleitos

Mariana Conti (PSOL) – 6.956 votos (1,33%)

Fernando Mendes (PRB) – 6.774 votos (1,30%)

Rodrigo da Farmacia (PP) – 5.799 votos (1,11%)

Nelson Hossri (PTN) – 4.335 votos (0,83%)

Rubens Gas (PSC) – 4.079 votos (0,78%)

Tenente Santini (PSD) – 4.007 votos (0,77%)

Marcelo Silva (PSD) – 3.615 (0,69%)

Filipe Marchesi (PR) – 3.561 (0,68%)

Ailton da Farmácia (PSD) – 3.025 (0,58%)

Permínio Monteiro (PV) – 2.912 (0,56%)

Não-reeleitos

Angelo Barreto (PT)

Artur Orsi (PSD)

Paulo Bufalo (PSOL)

Thiago Ferrari (PTB)

Cid Ferreira (SD)

Cidão Santos (PROS)

Neusa do São João (PSB)

Jota Silva (PSB)

Jairson Canário (SD)

Jeziel Silva (PP)

Sobre Jornal Local

Veja também

Horário eleitoral gratuito começa hoje nas cidades que terão 2º turno

Começa nesta sexta-feira (20) e vai até o próximo dia 27 o horário eleitoral gratuito do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *