www.jornalocal.com.br / Educação / Nova lei institui preceptoria por alunos de universidades públicas em Campinas

Nova lei institui preceptoria por alunos de universidades públicas em Campinas

A lei que institui o programa de preceptoria e supervisão em atividades exercidas por alunos de universidades públicas em unidades de saúde de Campinas foi sancionada nesta quarta-feira, 25 de novembro, pelo prefeito Jonas Donizette, durante transmissão ao vivo na internet. A medida complementa a lei 15.394, de 2017, que regulamentava apenas as atividades junto à rede privada.

Os estudantes que atuam na rede municipal de saúde contam com preceptores que são servidores municipais. A lei autoriza que os profissionais da rede municipal acompanhem os alunos das instituições de ensino, que devem pagar uma contribuição científica para cada profissional da rede designado para supervisionar seus estudantes. Os valores são corrigidos anualmente junto com a data-base dos servidores municipais.

“A lei que criou a Rede Mário Gatti determina que as unidades atuem na formação da mão de obra voltada à saúde. Nada melhor do que termos as parcerias com as instituições de ensino. O que tínhamos com a iniciativa privada era a possibilidade de remuneração do servidor municipal que atua como preceptor. Agora, com essa sanção, amplia o benefício para a supervisão de alunos do setor público”, explicou o presidente da Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar, Marcos Pimenta.

O programa é voltado para cursos de graduação e pós-graduação de Medicina, Odontologia e demais áreas da saúde.

A rede municipal de saúde conta com mais de 6 mil acadêmicos que têm as unidades municipais de saúde como campo de estágio. Participam do programa 18 escolas, sendo seis de nível superior e 12 de nível técnico.

Sobre Jornal Local

Veja também

Escolas municipais retomam aulas presenciais no dia 8 de fevereiro

Os professores, além das máscaras, também contarão com protetor facial (face shield). As carteiras serão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *