quarta-feira , 15 julho 2020
www.jornalocal.com.br / Esportes / Atlético-MG corta 25% do valor dos salários dos jogadores

Atlético-MG corta 25% do valor dos salários dos jogadores

O comunicado ainda explica que os funcionários que recebam menos de R$ 5 mil reais não terão qualquer corte “em respeito ao mínimo existencial daqueles que mais necessitam

O Atlético-MG anunciou a redução de 25% do valor dos salários de jogadores, comissão técnica e diretoria. Em comunicado oficial o clube justificou a medida em função da paralisação de todos os campeonatos envolvendo equipes do futebol brasileiro, em decorrência da pandemia do novo coronavírus (covid-19). Os ajustes se estenderão, de acordo com a nota oficial publicada no site do clube, “pelo período em que perdurarem os efeitos da pandemia.”

“Considerando a excepcionalidade da atual conjuntura, que impõe ao Atlético a adoção de ajustes transitórios que lhe permitam continuar honrando os seus compromissos”, argumento o clube. 

O comunicado ainda explica que os funcionários que recebam menos de R$ 5 mil reais não terão qualquer corte “em respeito ao mínimo existencial daqueles que mais necessitam”.

A decisão da diretoria do Galo foi tomada após a falta de acordo entre os clubes e os jogadores. A proposta enviada pelo clube na semana passada para um acordo coletivo dizia respeito a redução salarial de 25% até que as atividades fossem normalizadas, e concessão de 20 dias de férias a partir do dia 1° de abril. Tal proposta, no entanto, foi rejeitada por atletas e sindicatos. Como não houve um acerto geral, os presidentes dos clubes se reuniram e definiram que as negociações deveriam ocorrer individualmente com os jogadores. Em relação às férias, os clubes acionaram a Medida Provisória 927, que flexibiliza as leis trabalhistas neste momento de pandemia da covid-19, concedendo o direito previsto pela Constituição Federal.

Barcelona reduz 70% dos salários dos jogadores

Já na Espanha, o Barcelona vai cortar 70% dos salários dos jogadores até que o futebol espanhol volte a normalidade. O anúncio foi feito pelas redes sociais pelo argentino Lionel Messi.  Além disso, ele contou que os atletas vão colaborar com os salários dos funcionários do clube para que recebam sem qualquer desconto.

Sobre Jornal Local

Veja também

Pré-olímpico: Brasil volta a vacilar no quadrangular final

Agora o Brasil terá que buscar a sua classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *