terça-feira , 14 julho 2020
www.jornalocal.com.br / Política / Justiça de São Paulo inocenta Haddad de mais uma denúncia vazia

Justiça de São Paulo inocenta Haddad de mais uma denúncia vazia

A Justiça determinou que essas delações não podem ser utilizadas fora da operação para a qual foram feitas.
Foto:Ricardo Stuckert

Mais uma denúncia infundada – parte de um projeto de perseguição política ao Partido dos Trabalhadores (PT) e suas lideranças – cai por terra. A Justiça de São Paulo reconheceu a inocência do ex-ministro da Educação e ex-prefeito da capital paulistana, Fernando Haddad (PT), no caso em que foi acusado de receber pagamento de 2,6 milhões via caixa dois de uma construtora, conforme divulgado neste domingo (22) pela CartaCapital.

O juiz Thiago Baldani Gomes De Filippo, da 8º Vara da Fazenda Pública, julgou improcedente a ação movida pelo Ministério Público de São Paulo que acusava Haddad de enriquecimento ilícito e que foi baseada em depoimentos de Ricardo Pessoa, ex-presidente da UTC e de outro ex-diretor da empresa, concedidos em delações premiadas na Lava-Jato. A Justiça determinou que essas delações não podem ser utilizadas fora da operação para a qual foram feitas.

Da Agência PT de Notícias, com informações da CartaCapital

Sobre Jornal Local

Veja também

Agricultura familiar tenta aprovar PL emergencial para trabalhadores

Faltam no PL, que pode ser votado na próxima terça-feira, itens considerados fundamentais para os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *