quarta-feira , 21 agosto 2019
Home / Política / Partidos formalizam três blocos parlamentares na Câmara

Partidos formalizam três blocos parlamentares na Câmara

Sessão de posse dos Deputados Federais para a 56ª Legislatura.

Os partidos com representação na Câmara dos Deputados formalizaram hoje (1º) três blocos parlamentares. Segundo o regimento interno da Casa, esses blocos servem de base para a divisão dos cargos da Mesa Diretora pelos próximos dois anos e de parâmetro para a distribuição das vagas nas comissões pelos próximos quatro anos.

O bloco de apoio ao governo terá 301 deputados e será composto por PSL (52), PP (38), PSD (35), MDB (34), PR (33), PRB (30), DEM (29), PSDB (29), PTB (10), PSC (8) e PMN (3). Apesar do tamanho do bloco, o número de parlamentares ainda não garante a aprovação de propostas de emenda à Constituição, como a da reforma da Previdência. A medida é considerada prioridade para o governo federal no primeiro semestre e precisa do voto de 308 deputados – em dois turnos de votação – para ser analisada pelos senadores. 

O segundo maior bloco, com 105 deputados, será formado por PDT (28), Pode (17), Solidariedade (13), PCdoB (10), Patri (9), PPS (8), Pros (8), Avante (7), PV (4) e Democracia Cristã (1). 

Integrado por 97 parlamentrares, o bloco de oposição será composto por PT (54), PSB (32), PSOL (10) e Rede (1). Até ontem (31), líderes desses partidos tentaram costurar o ingresso de PCdoB e PDT, legendas alinhadas com a pauta da esquerda. As negociações, no entanto, não avançaram. 

Novo e PTC fora de blocos

Dois partidos não integram nenhum bloco: o Novo, com oito deputados, e o PTC, com dois.

Nessa legislatura, 30 partidos terão atuação na Câmara.

Ao todo, 21 legendas cumpriram as regras nas urnas e poderão indicar líderes partidários. Além de dar mais protagonismo ao deputado nas discussões de definições de pauta do plenário, cabe ao líder a orientação de bancada e a prerrogativa de encaminhar discussões.

Sobre Jornal Local

Veja também

Movimentos populares, centrais sindicais, partidos convocam luta nos 500 dias de prisão de Lula

Além de ações na Vigília Lula Livre em Curitiba, movimento ressalta a importância das inúmeras …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *