quinta-feira , 13 agosto 2020
www.jornalocal.com.br / Política / Sindicato repassa R$ 3 milhões a 8 trabalhadores da falida Durocrin

Sindicato repassa R$ 3 milhões a 8 trabalhadores da falida Durocrin

Passadas mais de duas décadas da falência da empresa Durocrin, finalmente a ação chegou ao fim e o Sindicato dos Comerciários de São Paulo pôde chamar os trabalhadores e trabalhadoras para receber o dinheiro que lhes é de direito.

Nesta segunda-feira (03), o Sindicato dos Comerciários de São Paulo repassou R$ 3 milhões a 8 trabalhadores(as) que esperaram 25 anos para receber suas restituições da massa falida da empresa Durocrin Colchões Especiais LTDA.

Em 1995, a empresa pediu falência. À época, dezenas de trabalhadores foram abandonados pela companhia e só puderam contar com o apoio do Sindicato dos Comerciários, que iniciou um trabalho para dar baixa nas carteiras de trabalho de todos e liberar o seguro-desemprego.

Muitos trabalhadores, na esperança da recuperação da empresa, chegaram a ficar 12 meses sem receber salários. O Sindicato dos Comerciários, no entanto, em nome dos trabalhadores, entrou na Justiça se habilitando a receber as verbas a que os trabalhadores tinham direito.

Passadas mais de duas décadas da falência da empresa Durocrin, finalmente a ação chegou ao fim e o Sindicato dos Comerciários de São Paulo pôde chamar os trabalhadores e trabalhadoras para receber o dinheiro que lhes é de direito.

Nesse primeiro momento, receberam os(as) seguintes trabalhadores(as): Silvia Rodrigues, Maria Clarice Ferreira, Rosana Célia Vieira, Alexsandra Frutuoso e Francisco de Souza Santana.

Sobre Jornal Local

Veja também

Trabalhadores apelam a deputados para suspender privatização da Eletrobras

Categoria conversa com oposição e, no campo conservador, com parlamentares contrários à venda da estatal, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *