terça-feira , 21 janeiro 2020
www.jornalocal.com.br / Política / STF quer que CNMP dê continuidade a investigação do fundo da Lava Jato

STF quer que CNMP dê continuidade a investigação do fundo da Lava Jato

O corregedor arquivou, em 19 de dezembro, seis reclamações disciplinares apresentadas ao CNMP contra Deltan (José Cruz/Agência Brasil)

Os ministros Supremo Tribunal Federal (STF) querem que o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) dê seguimento à investigação sobre a criação de uma fundação pelos procuradores da Lava Jato, entre eles Deltan Dallagnol.  A operação queria criar um fundo para gerir R$ 2,5 bilhões de dinheiro público recuperados dos desvios da Petrobras.

O ministro Alexandre de Moraes tem insistido junto ao CNMP para que a investigação seja feita, mas até agora o corregedor do órgão, Rinaldo Lima, não inciou a apuração, apesar de ter recebido ofício do magistrado em setembro de 2019, segundo informação da coluna Painel da Folha de S. Paulo. Ainda de acordo com a publicação, Moraes teria apontado supostas ilegalidades de membros do MPF e exigiu a investigação.

Curiosamente, Lima é o mesmo que operou um verdadeiro ‘milagre’ para salvar Dallagnol de denúncias. O corregedor arquivou, em 19 de dezembro, seis reclamações disciplinares apresentadas ao CNMP contra Deltan. O que pode parecer uma invejável eficácia de Lima, na verdade soa mais como descarada proteção para isentar Deltan de possíveis penas ou condenações: dos seis despachos analisados, cinco foram assinados pelo corregedor em menos de 20 minutos, entre 18h51 e 19h07.

É válido lembrar que entre as inúmeras denúncias contra Dallagnol há também a representação, apresentada pela Associação Brasileira de Juristas pela Democracia, que coloca o nome do procurador no centro de um dos maiores escândalos do país, inaceitável em qualquer nação democrática.

Dallagnol e outros procuradores teriam articulado o pedido de impeachment do ministro Gilmar Mendes, do Supremo. A peça também foi motivada por notícias compartilhadas pelo site The Intercept Brasil a partir de troca de mensagens vazadas do celular de Deltan.

Da Redação da Agência PT de Notícias, com informações da coluna Painel

Sobre Jornal Local

Veja também

Toffoli autoriza exibição do Especial de Natal do Porta dos Fundos

A decisão de Toffoli é provisória e foi tomada em função do recesso do Judiciário. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *