terça-feira , 26 março 2019
Home / São Paulo, Campinas e Região Metropolitana / Estudantes da RMC podem solicitar ou revalidar o Passe Livre e Passe Escolar a partir de 07/01

Estudantes da RMC podem solicitar ou revalidar o Passe Livre e Passe Escolar a partir de 07/01

Em 2018 quase 160 mil alunos e professores tiveram seu benefício emitido ou revalidado nas cinco regiões metropolitanas do Estado

 

Começa em 7 de janeiro (segunda-feira) o prazo para que os interessados em utilizar o Passe Livre ou Passe Escolar (Meia Tarifa) em 2019 preencham os formulários de requisição ou revalidação. No caso da Região Metropolitana de Campinas, o pedido desse benefício a ser usado nas linhas metropolitanas da EMTU/SP deve ser realizado por meio do link http://www.emtu.sp.gov.br/passe/index.htm?regiao=254.

Quatro dias antes, em 3 de janeiro, as instituições de ensino iniciarão o cadastramento de estudantes e professores que desejam usar o benefício no transporte intermunicipal no ano letivo de 2019. O processo é realizado pelo portal www.emtu.sp.gov.br e é necessário para viabilizar a requisição do aluno.

A venda de créditos eletrônicos (Meia Tarifa) e a validação da cota a ser feita mensalmente (Passe Livre) estarão disponíveis a partir do dia 1º de fevereiro.

Tem direito ao Passe Livre ou ao Passe Escolar nas linhas metropolitanas somente o estudante que residir em um município e estudar em outro da mesma região metropolitana.

O professor pode requisitar a meia tarifa se residir em um município e lecionar em outro da mesma região metropolitana.

Passe Livre e Passe Escolar 2018 em números

Em 2018 quase 160 mil alunos (passe livre ou meia-tarifa) e professores (meia-tarifa) tiveram seu benefício emitido ou revalidado nas cinco regiões metropolitanas do Estado:

São Paulo – 122.480 (Cartão BOM Escolar)

Baixada Santista – 14.962 carteiras

Campinas – 7.106 carteiras

Vale do Paraíba/Litoral Norte – 8.080 carteiras

Sorocaba – 6.068 carteiras

 

Sobre Jornal Local

Veja também

CUT marca greve geral para o dia 22 em todo o Brasil

Para trabalhadores, países como México e Chile, onde o sistema foi adotado, o que se …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *