www.jornalocal.com.br / Campinas e Região Metropolitana / Rota das Bandeiras libera nova alça do Trevo dos Amarais, em Campinas, nesta sexta-feira (19)

Rota das Bandeiras libera nova alça do Trevo dos Amarais, em Campinas, nesta sexta-feira (19)

Acesso direto à pista norte (sentido Anhanguera) da D. Pedro I (SP-065) irá desafogar trânsito na avenida Comendador Aladino Selmi

A Concessionária Rota das Bandeiras, empresa responsável pela administração do Corredor Dom Pedro de rodovias, libera nesta sexta-feira (20) à tarde uma nova alça no Trevo dos Amarais, em Campinas. A abertura do acesso para a pista norte (sentido Anhanguera) da D. Pedro I (SP-065) irá contribuir para melhora do tráfego na avenida Comendador Aladino Selmi.

Com a liberação, prevista para ocorrer às 14h, os motoristas que estão na avenida, sentido Jardim São Marcos, poderão pegar a nova alça, à esquerda, logo após o viaduto sobre a D. Pedro I. Até então, os motoristas precisavam prosseguir pela avenida até altura do CTI Renato Archer para fazer o retorno, em um trecho de 2km de trânsito bastante intenso.

Após a entrega desta alça, as equipes da Concessionária se concentram na conclusão de um último acesso, que permitirá o retorno da pista sul (sentido Jacareí) para a pista norte da D. Pedro I também sem a necessidade de utilização da avenida, além da conexão da marginal norte com a região do Techno Park.

A previsão da Concessionária é de que as obras de modernização do sistema viário do trecho urbano de Campinas sejam concluídas na primeira quinzena de dezembro. Trecho de maior movimento entre os 297km administrados pela Concessionária, a região registra volume diário médio de 125 mil veículos.

Os usuários que tiverem dúvidas sobre a conclusão das obras podem entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) da Rota das Bandeiras, por meio do telefone 0800-770-8070. O serviço é gratuito e funciona 24 horas.

Sobre Jornal Local

Veja também

Fraudes no seguro-desemprego são alvo da PF no Pará

Os crimes investigados são o estelionato previdenciário, inserção de dados falsos em sistema de informação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *