quinta-feira , 19 abril 2018
Home / Campinas e Região / Trem Intercidades é debatido na Câmara de Vereadores

Trem Intercidades é debatido na Câmara de Vereadores

Projeto do Governo do Estado para o trem ligará Americana a São Paulo

 

A implantação do Trem Intercidades foi tema de debate nesta terça-feira, dia 20 de março, na Câmara de Vereadores. Convidado pela Comissão de Assuntos da Região Metropolitana de Campinas, o secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Carlos José Barreiro, apresentou alguns detalhes do projeto do Governo do Estado para o trem, que ligará Americana a São Paulo, passando por Campinas e Jundiaí.

Durante o encontro, Barreiro explicou que a expectativa do Governo do Estado é de que a linha tenha uma demanda diária de 60 mil passageiros. O custo estimado do projeto é de R$ 5,4 bilhões. Do montante, R$ 1,8 bilhão será de investimento estadual. O trajeto terá 135 km, saindo de Americana e chegando à Água Branca (SP). O Governo do Estado busca viabilizar o projeto por meio de Parceria Público-Privada (PPP). A intenção é lançar a PPP ainda em 2018.

Essa é uma demanda antiga. Não é um projeto novo; e ele vem sofrendo adequações ao longo dos anos. O Trem Intercidades é uma solução mais do que necessária, que depende de viabilidade econômico-financeira”, destacou Barreiro.

O secretário também salientou que há estudo para que o Trem Intercidades passe pelo Aeroporto Internacional de Viracopos. A velocidade de operação será em torno de 160 km/h, que possibilitará conectar os polos da Macrometrópole de São Paulo em menos de 1h.

Ainda dentro das premissas do projeto estão: tornar o Trem Intercidades financiável e atrativo; minimizar riscos; aproveitar os ativos públicos existentes; e viabilizar uma rápida implantação. Com a ação, o Governo do Estado pretende beneficiar a população, dinamizar a economia, oferecer capacidade com sustentabilidade e reequilibrar o sistema de transporte.

O trem é um investimento caro. Equacionadas as questões econômico-financeiras, a operação das linhas pode ocorrer em até três anos”, prevê Barreiro.

Sobre Jornal Local

Veja também

Datafolha faz pesquisa eleitoral para presidente e não inclui o nome de Lula

  O PT (Partidos dos Trabalhadores) entrou nesta 6ª feira (13) com uma representação no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *