www.jornalocal.com.br / Campinas e Região Metropolitana / Volume de tráfego nas rodovias paulistas neste 12 de outubro fica igual ao do último feriado

Volume de tráfego nas rodovias paulistas neste 12 de outubro fica igual ao do último feriado

Cerca de 3,9 milhões de veículos viajaram entre os dias 9 e 12 de outubro, número praticamente igual ao feriado da Independência. Foto: Marcos Santos/Jornal da USP 

No feriado da Padroeira do Brasil, de 9 a 12 de outubro, nos 22 mil quilômetros de rodovias estaduais houve praticamente o mesmo tráfego de veículos na comparação ao período do feriado da Independência, de 4 a 7 de setembro. Mesmo com orientação do Governo do Estado para evitar viagens desnecessárias e a exposição ao risco de contaminação por COVID-19, ao todo, 3.961.197 milhões de veículos viajaram pelas rodovias que dão acesso ao litoral e interior paulista.

No último feriado, 3.973.717 usaram as rodovias, de acordo com os dados coletados pela Secretaria Estadual de Logística e Transportes (SLT), por meio do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), e da ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo). 

O maior volume foi registrado nas rodovias concedidas, administradas pela ARTESP, que contempla o Sistema Anchieta-Imigrantes, Rodovia dos Tamoios, Sistema Anhanguera-Bandeirantes, Rodovia Presidente Castello Branco, Ayrton Senna/Carvalho Pinto, além da Rodovia D. Pedro I, que liga a região metropolitana de Campinas ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

Juntas, elas contabilizaram a movimentação de cerca de 3 milhões de veículos, número 0,5% maior do que o apresentado no feriado da Independência. 

Pelas rodovias administradas pelo DER trafegaram 933.280 mil veículos, uma queda de 1,5% no total de veículos em comparação ao feriado de 7 de setembro. 

Rodovias Concedidas 

No sistema de rodovias que integram o Programa de Concessões Paulista houve registro de uma pequena redução de 0,3% no fluxo de veículos no período de 9 a 12 de outubro deste ano em comparação ao período do último feriado de 4 a 7 de setembro. 

No Sistema Anhanguera-Bandeirantes, passaram 654,9 mil de veículos de 9 a 12 de setembro nas praças de pedágio próximas à capital, resultando em aumento de 6,69% dos veículos em ambos os sentidos neste feriado quando comparado ao período de 4 a 9 de setembro.  

Na rodovia Castello Branco (SP 280), principal eixo de ligação para a região Oeste do Estado, de 9 a 12 de outubro passaram aproximadamente 334,3 mil de veículos nas praças de pedágio de Itu e Itupeva – aumento de 2,60% no fluxo de veículos em ambos os sentidos, quando comparado ao período de 4 a 7 de setembro. 

No Sistema Anchieta-Imigrantes, que dá acesso às praias do litoral sul e à Baixada Santista, um volume total de 535,5 mil veículos leves e pesados trafegaram no sistema de 9 e 12 de outubro deste ano – redução de 0,69% em relação ao período de 4 a 7 de setembro.  

Para a concessão da Ecopistas, que administra as rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto, houve a passagem de aproximadamente 851 mil veículos de 9 a 12 de outubro nas praças de pedágio do sistema – redução de 2,90% quando comparado ao período de 4 a 7 de setembro.  

Na Rodovia dos Tamoios, ligação com o litoral norte, houve um registro de 247,5 mil veículos nas praças de pedágio em ambos os sentidos de 9 a 12 de outubro – queda de 11,24% em relação a 4 a 7 de setembro.  

 Outras rodovias 

 – Rodovia Rio-Santos (SP 055), litoral norte: redução de 1,8% (de 149.622 veículos para 146.933) 

 – Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP 055), litoral sul: aumento 3,8% (264.800 veículos para 274.933)  

 – Mogi-Bertioga (SP 088): redução de 13% (95.125 veículos para 82.669) 

  – Rodovia Oswaldo Cruz (SP 125): redução de 9,5% (de 46.814 veículos para 42.361) 

  – Raposo Tavares (SP 270): redução de 0,1% (de 315.509 veículos para 315.314) 

 – Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro: redução de 5,9% (de 75.494 veículos para 71.070) 

Sobre Jornal Local

Veja também

Quinta-feira com temporais no estado de São Paulo

A chuva é mais volumosa no interior, mas também há previsão para chuva forte, com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *