terça-feira , 11 agosto 2020
www.jornalocal.com.br / Saúde / Campinas fará no dia (3) novos testes rápidos do Covid-19

Campinas fará no dia (3) novos testes rápidos do Covid-19

Os agentes da Secretaria de Saúde estarão identificados ao visitarem as casas e as pessoas poderão entrar em contato com o seu Centro de Saúde se tiverem qualquer dúvida

Começa nesta segunda-feira, dia 3 de agosto, e vai até o dia 15 de agosto, o segundo inquérito sorológico em Campinas. A ação realizada pela Secretaria Municipal de Saúde vai realizar testes rápidos em 1.723 pessoas. O anúncio foi feito durante live do prefeito Jonas Donizette, na manhã desta sexta-feira, dia 31 de julho.

O objetivo é conhecer a real taxa de infecção pela Covid-19 em Campinas e comparar a situação epidemiológica atual e com relação ao primeiro inquérito realizado entre 9 e 20 de junho. O contingente de pessoas a serem testadas é o mesmo estimado inicialmente no primeiro inquérito, mas são pessoas diferentes do estudo anterior.

Em sua fala, o prefeito de Campinas, Jonas Donizette, aproveitou para destacar as vantagens de Campinas no que se refere ao apoio entre instituições e órgãos públicos para realização de pesquisas como essa. “Quero agradecer ao Departamento de Saúde Coletiva da Unicamp, que é nosso parceiro. Como já tivemos o primeiro inquérito que foi feito um tempo atrás, com o segundo poderemos fazer uma comparação para ver como foi a evolução (do novo coronavírus em Campinas)”, afirmou.

Como vai funcionar

O secretário Municipal de Saúde, Carmino de Souza, contou que para o inquérito, a cidade foi mapeada e foram sorteadas as ruas e os imóveis que serão visitados pelas equipes dos Centros de Saúde. “Vão ser duas semanas de inquérito e serão usados testes rápidos. Se a casa tiver quatro pessoas, uma delas será sorteada. Se o resultado de uma delas for positivo, o teste é feito na ‘casa inteira’”, afirmou. Pessoas com sintomas serão encaminhadas para os centros de saúde.

Os testes rápidos são feitos com uma picadinha no dedo para colher a amostra de sangue. O resultado sai em 15 minutos.

Os casos positivos serão notificados ao banco de dados do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa). Além de serem testados, os participantes também responderão a um questionário sobre comportamento diante da pandemia. Os agentes da Secretaria de Saúde estarão identificados ao visitarem as casas e as pessoas poderão entrar em contato com o seu Centro de Saúde se tiverem qualquer dúvida. Os cidadãos são livres para aceitar ou não participar. A participação não tem custo.

Resultados do primeiro inquérito sorológico

O primeiro inquérito foi realizado de 9 a 20 de junho com 1.937 pessoas. Destas, 2,22% das pessoas testadas, ou seja, 43 pessoas tiveram resultado positivo. Isso dava uma estimativa que 27.087 campineiros já tinham tido o novo coronavírus até aquele momento.

A faixa etária predominante era de 20 a 59 anos, com média de 49 anos. A maior prevalência foi nos homens. Das regiões, a maior prevalência foi na região noroeste; seguida pela norte; sudoeste; sul; e leste; o que mostrava que havia uma migração da epidemia para a periferia.

Sobre Jornal Local

Veja também

Rio de Janeiro tem 13.572 mortes por covid-19, 16 desde ontem

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES), há …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *