www.jornalocal.com.br / Saúde / Nova sede da Policlínica 2 na Glicério será entregue na quinta, dia 25

Nova sede da Policlínica 2 na Glicério será entregue na quinta, dia 25

O prédio, cedido pela Secretaria de Patrimônio da União, fica na Avenida Francisco Glicério, 1.477, esquina com Rua Barreto Leme

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, anunciou nesta segunda-feira, 22 de junho, que o prédio da nova sede da Policlínica 2 será entregue na próxima quinta-feira, dia 25. O anúncio foi feito durante transmissão ao vivo na internet.

O prédio, cedido pela Secretaria de Patrimônio da União, fica na Avenida Francisco Glicério, 1.477, esquina com Rua Barreto Leme. A previsão é que a mudança ocorra no início de julho.

“Não será para atendimento Covid, mas é um equipamento muito importante, com mais de 500 atendimentos por dia”, disse o prefeito. 

A nova sede tem cerca de 2.800 metros quadrados, com subsolo e mais cinco andares. O prédio tem acessibilidade, dois elevadores e banheiros em todos os andares, inclusive adaptados. Trinta e dois consultórios vão funcionar no local.

“Essa Policlínica funciona atualmente na Avenida Campos Sales, em um prédio que está bastante precário. Nós comemoramos a entrega do novo local porque é um anseio de décadas, tanto da população como dos nossos colaboradores. É uma das obras mais significativas da área de atenção especializada”, afirmou o secretário de Saúde Carmino de Souza.

Atualmente, a Policlínica 2 funciona na Avenida Campos Salles, 737. Conta com 80 funcionários, que atendem especialidades como endocrinologia, oftalmologia, fonoaudiologia, otorrino, reumatologia, alergologia, gastroenterologia infantil, dermatologia, pneumologia e homeopatia, psicologia e nutrição.

Duas etapas

A reforma e adaptação do local contaram com investimentos de  R$ 4,2 milhões. A obra foi executada em duas etapas, custeadas como contrapartida, por meio de TACs (Termo de Acordo de Compromisso).

A primeira parte foi um TAC com o grupo direcional, no valor de R$ 1,6 milhão; a segunda foi de um TAC com a Rede D´Or, no valor de R$ 2, 6 milhões.

Na primeira etapa foram reformados elevadores, grupo gerador, instalados o novo sistema de ar-condicionado e a cabine transformadora de energia.

Na segunda parte foram feitas divisórias, revestimento, partes elétrica e hidráulica, além de sistema de proteção contra incêndio.

Sobre Jornal Local

Veja também

45% das doenças cardíacas começam na boca, alerta Instituto do Coração

Em consulta com seu dentista, o paciente pode pedir essa avaliação, já que o profissional …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *