www.jornalocal.com.br / Saúde / Secretaria de Saúde traz números da Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação

Secretaria de Saúde traz números da Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação

Crianças menores de um ano recebem dose injetável. Foto: Tomaz Silva/Agencia Brasil

Balanço divulgado nesta quinta-feira, dia 22, pela Secretaria Municipal de Saúde aponta que já foram aplicadas 16.706 doses de vacina contra poliomielite em Campinas dentro da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação. O balanço cobre desde o início da campanha, em 5 de outubro, até o dia 22. Com relação à Multivacinação, já foram vacinadas 9.054 crianças e adolescentes.

As vacinas estão disponíveis em todos os 66 Centros de Saúde de Campinas e a campanha segue até o dia 30 deste mês. Os endereços podem ser consultados no link: http://www.saude.campinas.sp.gov.br/saude/eventos/eventos_2020/campanha_multivacinacao/locais_vacinacao.htm.

Entre os objetivos da ação estão a redução do risco de reintrodução da poliomielite no país; facilitação do acesso às vacinas; atualização da situação vacinal; aumento das coberturas vacinais; e diminuição da incidência das doenças imunopreveníveis.

Para quem é a vacina:

A Campanha atual contra a Poliomielite é direcionada para crianças de 1 a 4 anos, que recebem a vacina via oral “gotinha”. São 58.803 crianças. A cobertura vacinal referente a essa campanha está em 28,5%, e a meta preconizada pelo Ministério da Saúde é atingir ao menos 95% desse público alvo.

Crianças menores de um ano recebem dose injetável.

Já a multivacinação pretende atualizar as carteiras vacinais de crianças e adolescentes menores de 15 anos. Pretende-se atingir a meta de cada vacina recomendada para esta faixa etária. Entre as vacinas estão tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), tríplice não viral e pentavalente.

É importante levar a carteirinha de vacinação.

Com o intuito de evitar aglomerações, é permitido apenas um acompanhante por criança e adolescente a ser vacinado. As salas de vacina foram organizadas com protocolos de higienização e para manter o distanciamento social. Pessoas com suspeita ou caso confirmado de Covid-19 ou ainda que foram expostas a casos suspeitos ou confirmados não devem comparecer às unidades de saúde.

Sobre Jornal Local

Veja também

Campinas ganha a UPA Anchieta Metropolitana com capacidade para 20 mil atendimentos por mês

A UPA substitui o PA Anchieta e tem capacidade para realizar mais de 20 mil …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *