quinta-feira , 25 maio 2017
Home / Saúde / Dieta para uma vida melhor

Dieta para uma vida melhor

chicken-1735138_1920

Dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em fevereiro deste ano, mostram que 9,3% da população brasileira têm algum tipo de transtorno de ansiedade. Mas isso não é um problema exclusivamente brasileiro. A mesma pesquisa mostra ainda que existem mais de 18,6 milhões de pessoas no mundo com algum tipo de transtorno de ansiedade. Outro dado preocupante é quanto ao estresse. Segundo a International Stress Management Association (ISMA), mais de 70% da população brasileira sofre com algum tipo de estresse.

Tais informações são preocupantes, já que afetam todos os setores da vida da pessoa. O que a grande maioria da população não sabe, é que a nossa alimentação pode melhorar esses sintomas. Especialista e pesquisadora na área, a nutricionista Aline Quissak, resolveu fugir do tradicional e partir de um novo olhar sobre a nutrição, que prioriza as propriedades terapêuticas dos alimentos, vinculando o prazer da alimentação com o bem-estar, criando receitas que ajudam principalmente a aliviar os sintomas de estresse e ansiedade.

Formada no Brasil e com especializações no exterior nas áreas de Oncologia, Síndrome Metabólica, Psicologia da Nutrição e Nutrição esportiva, Aline desenvolveu uma linha de pesquisa exclusiva, que envolve não só a nutrição em sim, como todo um processo de laboratório e investigação, para que suas receitas possam ajudar efetivamente em cada caso. Para a nutricionista, uma alimentação saudável não implica exclusivamente no lado estético, mas pode influenciar em outros setores, alterando os níveis de estresse, ansiedade e até a disposição do indivíduo no seu dia a dia.

“Hoje temos diversas vertentes nutricionais, desde as tradicionais, até aquelas mais restritivas, em que as pessoas eliminam certos alimentos da sua rotina. A ideia do projeto é balancear tudo isso, usar a alquimia dos alimentos como aliada do nosso organismo. Unindo três pilares da alimentação: o prazer de comer, a funcionalidade da comida e cultura onde estamos inseridos, trazendo uma melhor qualidade de vida, sem sacrifícios e restrições desnecessárias”, explica.

Agora, Aline Quissak acaba de lançar a primeira parte desse projeto: o e-book “Mood and Food: receitas para reduzir estresse, ansiedade e melhorar seu humor”. O livro é uma ferramenta do manifesto criado pela nutricionista intitulado #MinhaMelhorVersão. Segundo a especialista, o manifesto surgiu com o objetivo de criar uma rede colaborativa, ajudando a si e ao próximo na busca por uma rotina mais saudável. “O manifesto é algo mais simples do que parece. Por exemplo, quando a pessoa leva uma fruta para o trabalho, automaticamente ela está influenciando aquele ambiente, estimulando as pessoas em volta a tentar algo novo e quebrar seus paradigmas sobre a nutrição, chamando a atenção para práticas simples e saudáveis”, detalha.

Para que haja uma mudança efetiva e uma melhora na qualidade de vida do paciente, ele precisa estar consciente de tudo isso,  não existe uma regra, existem sim um gatilho, mas a maturidade nutricional é adquirida com o tempo, e cada um tem a sua. Cada um tem seu gatilho para iniciar a mudança de hábitos e muitas vezes precisa de uma maturidade nutricional que só é adquirida com o tempo ou com experiências mal sucedidas de dietas restritivas. Não podemos antecipar o momento da decisão de mudança de cada pessoa, mas podemos estimular e incentivar. A partir dessa tomada de consciência é que o profissional de saúde pode ajudar. “A mudança só acontece se surgir de um impulso interno, não podemos obrigar a pessoa a mudar seus hábitos se ela não estiver disposta a isso. Por isso, dietas da moda não são sustentáveis, uma vez que o resultado é apenas estético e momentâneo, o efeito rebote sempre é a consequência, vem o aumento de peso acompanhado de frustração, compulsão por doces e massas e muitas vezes distúrbios alimentares. Comer (não é apenas nutrir se de vitaminas, minerais e calorias, comer é um entretenimento. Por isso é essencial o acompanhamento de um Nutricionista para harmonizar a necessidade bioquímica com o prazer e a cultura de cada paciente) vai muito além de um simples ato e deve sim, ser prazeroso. É possível unir ambos os lados, comer bem e ter uma vida mais saudável”, finaliza a especialista.

Alimentos que ajudam no combate ao estresse e a ansiedade.

O e-book “Mood and Food: receitas para reduzir estresse, ansiedade e melhorar seu humor” traz 20 receitas especiais, com estudos de casos, que ajudam no combate aos sintomas. Para ajudar a iniciar esse processo, a nutricionista Aline Quissak separou algumas combinações que vão te ajudar a começar a combater os dois problemas: o estresse e a ansiedade.

 

Café da Manhã: Ovo mexido com queijo minas padrão, estepe ou ementhal. Salada de frutas de melão, melancia com semente de linhaça. 1 xícara de Café expresso

Almoço: Filé de Peixe (Preferir Tilápia, salmão, truta, badejo ou camarão), feijão ou sua família (ervilha, lentilha, grão de bico), Folhas verde escuras (principalmente espinafre, couve e rúcula), Vegetais verde escuros e amarelos (brócolis, cenoura, abobora, beterraba)

Café da Tarde: Aveia com Banana, canela e coco ralado. Acompanhar de torrada integral com queijo minas padrão ou meia cura.

Jantar: Filé de Frango temperado com cúrcuma (açafrão da terra e pimenta do reino) acompanhado de espinafre refogado com alho, cebola e azeite. Adicionar pedaços de abacate e tomate cereja. Tomar 150 ml de Suco de Acerola com limão

Ceia (Lanche noturno): Iogurte integral com 2 castanhas do Pará. Acompanhar de Chá de melissa com 3 gotas de óleo essencial de laranja doce 100% puro e 5 gotas de própolis.

Dica: Durante o dia substitua o excesso de café preto por chás que aumentam a concentração e diminuem a ansiedade como chá verde com frutas vermelhas, chá rooibos com rosa mosqueta e demais chás frutados com canela.

Sobre Jornal Local

Veja também

dentist

Operadoras não podem cobrar multa rescisória no cancelamento de planos de saúde

Entrou em vigor ontem (10) novas regras para cancelamento de contratos de planos de saúde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *