quarta-feira , 16 agosto 2017
Home / Saúde / Farmácia Popular – permitida a retirada de fraldas geriátricas para deficientes

Farmácia Popular – permitida a retirada de fraldas geriátricas para deficientes

 

Nas farmácias populares o usuário do SUS pode retirar alguns medicamentos de graça
Nas farmácias populares o usuário com receita médica do SUS ou Centro de Saúde pode retirar alguns medicamentos de graça

 

O Governo ampliou para as pessoas com deficiências a cobertura de fraldas geriátricas, por meio do Programa Farmácia Popular. A portaria do Ministério da Saúde foi publicada na última segunda-feira (10) no Diário Oficial e representa uma ótima notícia para importante parcela da população.

“Essa é uma decisão acertada do governo, trazendo benefícios a todos que fazem parte do mercado farmacêutico. Mas, o mais importante é que reduz consideravelmente os gastos das pessoas que necessitam desse produto de primeira necessidade. Com a publicação, as fraldas geriátricas poderão ser obtidas nas sedes próprias do Programa Farmácia Popular do Brasil e nas farmácias conveniadas ao Aqui Tem Farmácia Popular”, explica Edison Tamascia, presidente da Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar).

Ainda segundo Tamascia, os produtos para incontinência urinária já eram distribuídos, mas, até então, só era permitida a entrega a pessoas com idade igual ou superior a 60 anos.

Contudo, para a retirada das fraldas é necessário seguir alguns procedimentos, primeiramente terá que apresentar prescrição, laudo ou atestado médico que indique a necessidade do uso de fralda geriátrica, com a Classificação Internacional de Doenças (CID), justificando, dessa forma, a indicação do uso. Além disso deverá seguir as mesmas regras para entregas de medicamentos:

  • Apresentação, pelo beneficiário, de documento oficial com foto e número do CPF ou documento de identidade que conste o número do CPF;
  • As farmácias e drogarias deverão providenciar 2 (duas) cópias legíveis da prescrição, laudo ou atestado médico e do documento(s) de identidade oficial(s) com foto apresentado no ato da compra.
  • Poderão ser retiradas 40 unidades de fraldas a cada 10 (dez) dias.

Em caso de usuário considerado incapaz, a dispensação poderá ser feita ao seu representante legal.

Sobre Jornal Local

Veja também

centro-saude-sousas-abaixo-assinado-verba-saude

Abaixo-assinado pede melhorias e a não redução de verbas para a saúde

A comunidade de Sousas e Joaquim Egídio se mobiliza com adesão ao abaixo-assinado do Conselho …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *