quinta-feira , 25 maio 2017
Home / Saúde / Farmácia Popular – permitida a retirada de fraldas geriátricas para deficientes

Farmácia Popular – permitida a retirada de fraldas geriátricas para deficientes

 

Nas farmácias populares o usuário do SUS pode retirar alguns medicamentos de graça
Nas farmácias populares o usuário com receita médica do SUS ou Centro de Saúde pode retirar alguns medicamentos de graça

 

O Governo ampliou para as pessoas com deficiências a cobertura de fraldas geriátricas, por meio do Programa Farmácia Popular. A portaria do Ministério da Saúde foi publicada na última segunda-feira (10) no Diário Oficial e representa uma ótima notícia para importante parcela da população.

“Essa é uma decisão acertada do governo, trazendo benefícios a todos que fazem parte do mercado farmacêutico. Mas, o mais importante é que reduz consideravelmente os gastos das pessoas que necessitam desse produto de primeira necessidade. Com a publicação, as fraldas geriátricas poderão ser obtidas nas sedes próprias do Programa Farmácia Popular do Brasil e nas farmácias conveniadas ao Aqui Tem Farmácia Popular”, explica Edison Tamascia, presidente da Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar).

Ainda segundo Tamascia, os produtos para incontinência urinária já eram distribuídos, mas, até então, só era permitida a entrega a pessoas com idade igual ou superior a 60 anos.

Contudo, para a retirada das fraldas é necessário seguir alguns procedimentos, primeiramente terá que apresentar prescrição, laudo ou atestado médico que indique a necessidade do uso de fralda geriátrica, com a Classificação Internacional de Doenças (CID), justificando, dessa forma, a indicação do uso. Além disso deverá seguir as mesmas regras para entregas de medicamentos:

  • Apresentação, pelo beneficiário, de documento oficial com foto e número do CPF ou documento de identidade que conste o número do CPF;
  • As farmácias e drogarias deverão providenciar 2 (duas) cópias legíveis da prescrição, laudo ou atestado médico e do documento(s) de identidade oficial(s) com foto apresentado no ato da compra.
  • Poderão ser retiradas 40 unidades de fraldas a cada 10 (dez) dias.

Em caso de usuário considerado incapaz, a dispensação poderá ser feita ao seu representante legal.

Sobre Jornal Local

Veja também

dentist

Operadoras não podem cobrar multa rescisória no cancelamento de planos de saúde

Entrou em vigor ontem (10) novas regras para cancelamento de contratos de planos de saúde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *