www.jornalocal.com.br / Cultura / Outras vidas: o amor é mais forte que o passado

Outras vidas: o amor é mais forte que o passado

Os personagens deparam-se com o umbral – dimensão extrafísica destinada àqueles com feridas emocionais difíceis de serem cicatrizadas.

Após vender mais de dois milhões de
exemplares com 21 livros publicados, Marcelo
Cezar
, um dos principais escritores espíritas do Brasil, acaba
de lançar O passado não
tem força
pela Lúmen Editorial, selo da Boa Nova.

O
romance alcança o interesse do leitor já no primeiro capítulo: Ariane e Lauro
morrem, mas não é no céu que eles estão. Os personagens deparam-se com o umbral
– dimensão extrafísica destinada àqueles com feridas emocionais difíceis de
serem cicatrizadas. Esse é o cenário psicografado pelo espírito Marco Aurélio,
que guia o autor desde a infância.

No
início da trama, Lauro precisa entregar para o chefão daquela região o corpo do
homem desmaiado que carrega. Quem o acompanha é Ariane, com a intenção de ter
uma oportunidade de se libertar daquele lugar. O homem arrastado, por fim,
choca o leitor ao revelar-se ser Miguel, pai de Lauro, que se sente duramente
traído e, por isso, não o perdoa.

Ariane,
Lauro e Miguel reencarnam com o objetivo de superar a dor e o sofrimento que
causaram uns aos outros. Por meio de uma nova oportunidade que a vida lhes
dará, terão a chance de se amar e, consequentemente, solucionar os conflitos do
passado. 

“— Agora que se livrou de mágoas acumuladas,
não permita que ressentimentos do passado machuquem seu coração e perturbem sua
vida. Perdoe de verdade. Ajude-se a se libertar da dor e deixe o passado ir
embora de uma vez por todas. Fique atento e usufrua com prazer os bons momentos
da vida. Eles são mais numerosos do que os de dor. Quanto menos dramático você
for, mais isso ficará evidente.”

(O passado não
tem força, pág. 296)

Marcelo
Cezar dedica-se há mais de 40 anos aos estudos espíritas e de outras correntes
espiritualistas e filosóficas ligadas à reencarnação. O passado não tem força é
para todos os leitores com esperança de dias melhores e que acreditam no poder
das pequenas mudanças para um dia a dia menos turbulento.

Ficha Técnica:
Título
: O passado não tem força
Autor: Marcelo Cezar ditado por Marco Aurélio
Editora: Lúmen Editorial
ISBN: 9788578132231
Páginas: 320
Formato: 16 x 23
Preço: R$44,90
Link de venda: 
https://www.boanova.net/produto/passado-nao-tem-forca-o-82853

Sinopse: De acordo com o Espiritismo, a simpatia espontânea que nutrimos por alguém ocorre do fortalecimento de laços afetivos cultivados ao longo de muitas vidas. O mesmo acontece com a antipatia ou repulsa que aflora entre duas pessoas. Isso porque, embora não lembremos, os acontecimentos do passado estão armazenados no inconsciente e refletem sobre os sentimentos no presente. Ariane, Lauro e Miguel reencarnaram com o objetivo de superar a dor e o sofrimento que causaram uns aos outros.

Por meio de uma nova oportunidade que a vida lhes dará, terão a chance de se amar e, consequentemente, solucionar os conflitos do passado. Este romance nos mostra que Deus é bom. Ele nos ajuda a esquecer o passado para que possamos nos amar como irmãos e eliminar todo e qualquer ressentimento. Assim, com o coração leve, poderemos trilhar um caminho seguro que nos conduzirá à paz e à harmonia, espalhando o bem em nós e para o mundo.

Sobre o autor: Marcelo Cezar é um
dos principais escritores espíritas de sua geração, com mais de dois milhões de
exemplares vendidos. Há mais de quarenta anos dedica-se aos estudos espíritas e
de outras correntes espiritualistas e filosóficas ligadas à reencarnação.
Admite que, embora seus romances sejam ditados pelo seu mentor espiritual,
Marco Aurélio, ainda tem muito para estudar e escrever sobre esses temas. E
deseja, de coração, que seus livros possam transmitir paz e bem-estar a seus
leitores.

Redes Sociais:

Sobre Jornal Local

Veja também

Orquestra Sinfônica faz apresentação em homenagem aos 80 anos da PUC-Campinas

A participação da orquestra tem um significado especial, pois foi a PUC-Campinas que manteve a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *