www.jornalocal.com.br / Blogs / Cidades / Índice de violência nos distritos continua em alta

Índice de violência nos distritos continua em alta

centro-de-Sousas-violência

No mês de abril a 12° De­legacia do Distrito de Sou­sas registrou diversos casos de tentativas de sequestros, roubos e assaltos. Os casos aconteceram na principal Avenida de Sousas.

Tentativa de sequestro acontece em padaria na avenida

Uma tentativa de seques­tro ocorreu em uma padaria no início do mês de abril na avenida principal de Sou­sas. A vítima foi abordada às 8h40 por dois indivíduos ao sair do estabelecimento.

Segundo o B.O (Boletim de Ocorrência), a dupla ten­tou empurrar a vítima para dentro de seu carro, e quan­do ela percebeu que poderia se tratar de um sequestro re­lâmpago, tentou se defender agredindo os criminosos, que por fim, conseguiram fugir, levando o seu carro. Os bandidos tomaram a rua paralela à avenida em dire­ção ao cemitério. Além do veículo, os bandidos leva­ram documentos pessoais e cartões de crédito.

A vitima foi orientada a procurar o 4° Distrito Policial de Campinas para reconhe­cimento dos autores através do acervo fotográfico.

Bandidos assaltam posto de combustível

Um trabalhador foi abor­dado por volta das 23h30, no dia 19 de abril por um indi­víduo armado no Posto Ka­dar. O assaltante entrou no local e rendeu o funcioná­rio, que diante das ameaças, entregou seus pertences.

De acordo com o BO (Bo­letim de Ocorrência), o cri­minoso levou documentos, cartões de crédito, R$ 50 do funcionário e R$ 250 do cai­xa do posto. De acordo com o 12° Distrito Policial o caso continua em investigação.

Sequestro relâmpago em Joaquim Egídio

Outro sequestro relâm­pago aconteceu no dia 12 de abril por volta das 22h na CAM-127, que liga Joaquim Egídio à Valinhos. A vítima dirigia um Civic quando foi abordada por três indivídu­os num Escort marrom.

Segundo o B.O registra­do no 12º DP, os assaltantes fecharam o carro e obriga­ram o motorista a parar. Dois deles desceram do veículo e ordenaram que a vítima sentasse no banco de trás acompanhada por um deles. Em seguida, após alguns quilômetros, um dos assaltantes desceu com a vítima adentrando um matagal, onde permanece­ram por duas horas. Nes­se ínterim, um fazendeiro que passava pelo local, es­tranhou a movimentação, porém não se manifestou. Com isso, um dos bandidos passou para o outro lado da estrada procurando sinal de celular e a vítima apro­veitou a distração do se­questrador, conseguiu fugir pedindo socorro na Fazen­da Santa Margarida.

Segundo a 12º Delegacia ainda não foram identifica­dos os autores do crime. (Bruna Brognoni)

Sobre Jornal Local

Veja também

Mais 351 novos casos de Covid-19 são registrados em Campinas

 Entre as mortes confirmadas, estão dois homens e uma mulher, todos com mais de 60 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *