www.jornalocal.com.br / Blogs / Cidades / Moradores do Colinas do Atibaia recebem treinamento para monitorar a fauna

Moradores do Colinas do Atibaia recebem treinamento para monitorar a fauna

Uso do sistema SISS-Geo (Sistema de Informação em Saúde Silvestre) possibilita somar esforços com o poder público

 

A Defesa Civil e a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), promoveram nesta quinta-feira, dia 17 de março, um treinamento para moradores e funcionários do Loteamento Colinas do Atibaia sobre a plataforma SISS-Geo (Sistema de Informação em Saúde Silvestre) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O objetivo foi sensibilizar os moradores da região para somar esforços com o poder público visando ao monitoramento da fauna.

Foi a primeira vez que esse treinamento foi oferecido para a comunidade. A plataforma pode ser usada pela população para registrar, on-line ou off-line, observações sobre a fauna em Campinas.

A coordenadora da UVZ, Elen Fagundes, contou que serão oferecidos novos treinamentos para a população. Ela destacou que os moradores do condomínio Colinas moram em uma área de preservação ambiental, que foi justamente onde houve a morte de macacos por febre amarela em 2017 e 2018. “É uma região com muitos animais silvestres e a morte desses animais pode ser um indicativo de circulação de algum patógeno que pode ser transmitido aos seres humanos”, alertou.

Elen ressaltou que a população pode integrar uma rede de apoio, junto aos órgãos públicos, no sentido de identificar rapidamente a ocorrência de mortes de animais e comunicar de imediato à UVZ.

O engenheiro agrônomo Ary Vieira de Paiva, morador do condomínio, destacou que o sistema será aplicado pela comunidade para alimentar o banco de dados na perspectiva da prevenção. “Esta ferramenta terá uma utilidade pública efetiva e esperamos, com isso, além da questão da saúde pública, ajudar na preservação do meio ambiente”, disse. Ele contou que o grupo que participou da ação replicará o conhecimento adquirido no treinamento, a fim de alcançar mais pessoas.

“Estamos localizados em uma região ao lado da área de mata do Ribeirão Cachoeira e temos uma interface muito grande com os animais nativos. O SISS-Geo permite antecipar diagnósticos e desenvolver medidas preventivas para proteger a saúde pública e a saúde animal”, contou Paiva.

O treinamento é uma iniciativa do âmbito do Programa Cidades Resilientes e cumpre o compromisso assumido no contexto da certificação recebida pelo município, quando Campinas foi reconhecida como primeiro Centro de Resiliência a Desastres do país. Esse reconhecimento veio do Comitê de Coordenação Global da Iniciativa Construindo Cidades Resilientes (MCR2030) e Escritório das Nações Unidas para Redução de Risco de Desastres (UNDRR).

Para contribuir com o sistema

 

Para usar o aplicativo, basta seguir os passos:

– fazer o download do aplicativo pelo celular no endereço https://play.google.com/store/apps/details?id=siss.ui&hl=pt_BR&gl=US

– cadastrar-se como usuário, tornando-se um colaborador do sistema. A partir disso, já será possível enviar fotos de animais, a localização e características do ambiente, além de consultar todas as informações enviadas. O aplicativo também permite o envio de sugestões, críticas e dúvidas sobre como usar o sistema.

O SISS-Geo integra o Centro de Informação em Saúde Silvestre (CISS) da Fundação Oswaldo Cruz, em parceria com o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC).

 

Passo a passo para instalar o aplicativo:

Acesse ao Google Play pelo Android

  • Passo 1: Procure no Google Play Store por “SISS-Geo”,
  • Passo 2: Clique no APP SISS-Geo,
  • Passo 3: Clique em Instalar,
  • Passo 4: Aceitar o acesso a Localização, Fotos/mídia/arquivos/informações de conexão wifi,
  • Passo 5: Ao concluir a instalação, clique no botão “Abrir” para começar a utilizar o aplicativo.

Esta versão permite a contribuição dos usuários com sugestões de melhorias e notificações de possíveis erros observados no Sistema. Também é possível clicar, no SISS-Geo, a aba “Colabore conosco” para ajudar a melhorar o sistema.

Para iniciar o download no aplicativo da Google Play Store é necessário adicionar uma conta do Google ao dispositivo (https://support.google.com/googleplay/answer/2521798?hl=pt-BR).

 

Sobre Jornal Local

Veja também

Mais 351 novos casos de Covid-19 são registrados em Campinas

 Entre as mortes confirmadas, estão dois homens e uma mulher, todos com mais de 60 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *