www.jornalocal.com.br / Blogs / Cidades / Operação Força Total reúne Polícias no Centro para combater criminalidade

Operação Força Total reúne Polícias no Centro para combater criminalidade

Também foram feitos quatro flagrantes de tráfico de drogas e um de furto a um estabelecimento comercial, além da prisão de seis pessoas. Quatro máquinas de caça-níquel que estavam em um bar foram localizadas e apreendidas.

 

 

 

Uma força-tarefa envolvendo Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil (1ª DIG/DEIC), Secretaria de Planejamento e Urbanismo, Setec e Emdec deflagrou mais uma Operação Força Total em Campinas na tarde desta quinta-feira, dia 12 de maio, no Centro da cidade.

A operação tem como objetivo coibir a criminalidade e reforçar a presença das forças de segurança na região central.

As ações se concentraram em diversos pontos nas imediações das ruas Álvares Machado, Ferreira Penteado, Cônego Cipião e Terminal Central. As equipes vistoriaram pensões, lojas de compra e venda de ouro e outros locais conhecidos de tráfico e armazenagem de entorpecentes e de receptação de materiais de origem ilícita.

Fiscais administrativos da Prefeitura verificaram estabelecimentos para averiguação de alvarás. Também houve um reforço de patrulhamento, com viaturas da GM e PM.

No total, foram 271 pessoas, 33 veículos e oito motos abordados, além de 107 estabelecimentos comerciais fiscalizados, entre boxes de camelôs e pensões. As vistorias geraram quatro autuações da Secretaria de Planejamento e Urbanismo e seis da Setec, por problemas com documentação.

Também foram feitos quatro flagrantes de tráfico de drogas e um de furto a um estabelecimento comercial, além da prisão de seis pessoas. Quatro máquinas de caça-níquel que estavam em um bar foram localizadas e apreendidas.

 

Apreensões

A força-tarefa apreendeu entorpecentes, totalizando 37 porções de maconha, 284 porções de crack, 100 gramas de crack a granel, 89 porções de cocaína, mais balança de precisão e material de embalagem.

Nas quatro lojas de compra e venda de ouro foram apreendidas 23,7 gramas de metais prateados, 20,1 gramas de metais dourados, 151 peças diversas entre anéis, pulseiras, brincos, correntes e pedras preciosas, dois aparelhos de fundição e R$ 9.600,00 em dinheiro. O comércio de metais preciosos em estado bruto é proibido em Campinas por força de lei.

Os responsáveis pelos estabelecimentos de compra e venda de ouro foram ouvidos e, segundo a Polícia Civil, terão um prazo para justificar a procedência dos objetos apreendidos.

 

Sobre Jornal Local

Veja também

Prefeito prestigia segunda edição de Feira das Mulheres Empreendedoras

Evento, que aconteceu na Estação Cultura, também contou com Concurso Rainha Pérola Negra O prefeito …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *