www.jornalocal.com.br / Política / Lula cresce 5 pontos e pode vencer no 1º turno, diz nova pesquisa da FSB/ BTG

Lula cresce 5 pontos e pode vencer no 1º turno, diz nova pesquisa da FSB/ BTG

O Datafolha mostrou Lula com 54% dos votos válidos, que exclui brancos e nulos, é o considerado pela Justiça Eleitoral para declarar o resultado final. Foto Ricardo Stuckert

 

 

O ex-presidente Lula (PT) lidera a corrida pela Presidência da República nas eleições deste ano, com 46% das intenções de voto no principal cenário  simulado, com 11 pré-candidatos. Se as eleições fossem hoje, o petista seria eleito no primeiro turno, em 2 de outubro, segundo pesquisa estimulada – quando os entrevistados podem olhar um cartão com os nomes dos candidatos.

No cenário espontâneo, quando o cartão com os nomes dos candidatos não é mostrado, Lula tem 41% das intenções de voto contra 29% de Bolsonaro.

Os dados, da nova rodada da pesquisa FSB/BTG, divulgados na manhã desta segunda-feira (30), confirmam pesquisa Datafolha, divulgada na quinta-feira (26), que mostrou Lula com 48% das intenções de voto no primeiro turno das eleições, 21 pontos percentuais de vantagem sobre o presidente Jair Bolsonaro (PL), que aparece com 27%.

Na pesquisa FSB/BTG, Bolsonaro está em segundo lugar, com 32% das intenções de voto. O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) surge na sequência, com 9%, depois está a senador Simone Tebet (MDB-MS), com 2% e o deputado federal André Janones (Avante), com 1%. Leonardo Péricles (UP), Luciano Bivar (União Brasil), Sofia Manzano (PCB), Vera Lucia (PSTU), Eymael (DC) e Felipe D’Ávila (Novo) não pontuaram. Brancos, nulos e indecisos somaram 8% dos entrevistados.

Se forem considerados apenas os votos válidos, Lula tem 51% o que, portanto, garantiria a vitória em primeiro turno. O Datafolha mostrou Lula com 54% dos votos válidos, que exclui brancos e nulos, é o considerado pela Justiça Eleitoral para declarar o resultado final. Para ganhar no primeiro turno, é necessário que o candidato some 50% dos votos válidos mais um.

“Ao contrário do que muitos imaginavam, a desistência de nomes da chamada terceira via tem reforçado a polarização entre Lula e Bolsonaro. Quando Moro saiu, Bolsonaro cresceu. Agora, com a saída de Doria, foi a vez de Lula ganhar terreno”, destacou Marcelo Tokarski, sócio-diretor do Instituto FSB Pesquisa, sobre a desistência do ex-governador de São Paulo.

 

Segundo turno

Na simulação de segundo turno, Lula apareceu com 19 pontos de vantagem em relação a Jair Bolsonaro. O petista somou 54% das intenções de voto, contra 35% do atual chefe do Executivo.

 

Metodologia da pesquisa

  • A pesquisa ouviu 2.000 eleitores de 16 anos ou mais entre os dias 27 e 29 de maio.
  • As entrevistas foram feitas por telefone.
  • O índice de confiança do levantamento é de 95%.
  • A pesquisa foi feita pelo Instituto FSB, contratada pelo banco BTG Pactual e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número de protocolo BR-03196/2022.
  • Confira aqui mais dados da pesquisa.

Sobre Jornal Local

Veja também

Ministro do STF suspende decisão que tornava Eduardo Cunha elegível

Na decisão, Fux observou que a decisão do TRF-1 foi fundamentada em uma “aparente violação” …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *