www.jornalocal.com.br / Saúde / Mário Gatti faz, pela primeira vez, cirurgia colorretal com imagens em 3D

Mário Gatti faz, pela primeira vez, cirurgia colorretal com imagens em 3D

A primeira cirurgia ao vivo no centro cirúrgico, com transmissão pela internet, foi feita na última sexta-feira, dia 13 de agosto, e utilizou uma plataforma que é o que existe de mais moderno em cirurgia laparoscópica hoje.

 

 

 

O Hospital Municipal Mário Gatti realizou pela primeira vez, recentemente, uma cirurgia de tumor colorretal com uso de equipamento de videolaparoscopia com imagens 3D e transmissão ao vivo pela internet. O procedimento é parte de um programa de treinamento de cirurgiões do Brasil e da América Latina desenvolvido pelo Instituto Lubeck de Ensino e Pesquisa, que visa difundir a técnica de cirurgias colorretais minimamente invasivas.

No programa de treinamento, as cirurgias são realizadas em diversos hospitais do Brasil e o Mário Gatti foi convidado a fazer parte da plataforma de treinamento em cirurgia para câncer de intestino e de reto. O treinamento é comandado pelos médicos Gustavo Sevá Pereira, do Mário Gatti, e por Mauro Pinho e Miguel Pedroso, fundadores do Instituto Lubeck.

Além de um aprendizado importante para a equipe de médicos residentes e alunos de medicina, o procedimento traz benefícios aos pacientes, afirma o proctologista Joaquim José Oliveira Filho, do Serviço de Coloproctologia do Mário Gatti.

“Com a laparoscopia 3D, a equipe médica tem uma visão com profundidade do procedimento e, ao contrário de uma cirurgia convencional – aberta – de grande porte, onde o paciente fica internado em média por dez dias, é feita uma pequena incisão, com menos riscos e uso de materiais descartáveis, e ele tem alta em três dias”, disse.

A primeira cirurgia ao vivo no centro cirúrgico, com transmissão pela internet, foi feita na última sexta-feira, dia 13 de agosto, e utilizou uma plataforma que é o que existe de mais moderno em cirurgia laparoscópica hoje. “Foi realizada em 3D, com material de avançada tecnologia”, informou Oliveira Filho. Está em estudo a implantação da técnica na rotina do hospital para beneficiar pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

 

Sobre Jornal Local

Veja também

Estudo demonstra que Coronavac é eficaz contra casos graves da variante delta

Estudo realizado na China e publicado na revista Lancet demonstrou que a Vacina do Butantan …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *