15.9 C
Campinas
terça-feira, julho 16, 2024

Casa do Produtor Rural em parceria com o IAC de Campinas, apresenta as variedades de polpa laranja, roxa e industrial da batata-doce.

Data:

No dia 21 de outubro de 2023, a Casa do Produtor Rural da Esalq/USP, realizará um dia de campo sobre o cultivo de batata-doce biofortificada. Essas variedades apresentam maior produtividade, o que contribui para o desenvolvimento econômico de regiões que dependem desta cultura. A biofortificação é uma solução sustentável e eficaz para melhorar a qualidade dos alimentos e garantir a saúde da população.

O Departamento de Genética será corresponsável pelo evento que começa às 7h30. Os participantes terão a chance de assistir palestras e participar de atividades práticas no campo. A atividade faz parte do projeto SolidarESA, que tem o objetivo de cultivar e doar anualmente alimentos essenciais à saúde humana e de difundir junto aos produtores rurais conhecimentos sobre as diversas culturas agrícolas.

Essa hortaliça foi escolhida por ter alta produtividade e rentabilidade. Além disso, a produção de batata-doce no Brasil cresceu cerca de 40% nos últimos dez anos, tornando o país o 16º maior produtor mundial. O alimento é uma excelente fonte de nutrientes, vitaminas, fibras e minerais, sendo uma escolha saudável para ser incorporada à dieta diária.

Por meio da parceria com o IAC de Campinas, serão apresentadas as variedades IAC 134 e 691 de polpa laranja, IAC 1049 – Ametista, de polpa roxa e a IAC 417 – Santa Elisa, que é destinada à produção de farináceos. O dia de campo abrangerá uma visão geral da cultura, desde suas origens até os fatores de produção, como preparo de solo, calagem e adubação, plantio e trato culturais, principais pragas e doenças, cultivares e colheita.

No local do experimento, serão exploradas técnicas para identificar e controlar plantas daninhas, que são espécies invasoras. Ao final, os participantes terão uma melhor compreensão da interação entre a cultura da batata-doce e o meio ambiente, possibilitando a aplicação de práticas sustentáveis em suas propriedades agrícolas.

É importante destacar que a batata-doce é uma ótima opção para os pequenos produtores, é adaptável a diferentes climas e pode ser cultivada em todo o território brasileiro, sendo a quarta mais produzida no país. Pode ser considerada uma fonte de renda, pois é uma planta de baixo custo de produção, rústica, com possibilidade de colheita durante todo o ano e com boa aceitação pelo mercado consumidor.

Este evento é gratuito e destinado a agricultores, profissionais do setor e estudantes universitários da área de Ciências Agrárias. As inscrições podem ser feitas em pelo link: https://forms.gle/vYsw33jFQ8TdvyeNA

A Casa do Produtor Rural é um projeto vinculado a Comissão de Cultura e Extensão Universitária (CCEx), tem o apoio do Serviço de Cultura e Extensão Universitária (SVCEx) e parceira institucional da Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (FEALQ).

Sobre o SolidarESA

O SolidarESA é uma iniciativa da Casa do Produtor Rural (CPR) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP), que ocorre desde o ano de 2013. Os estudantes têm a chance de aplicar seus conhecimentos teóricos na prática, adquirindo experiência na produção de alimentos, pesquisa, capacitação de produtores rurais e doação dos produtos obtidos.

O projeto busca não apenas produzir alimentos saudáveis, mas também incentivar a agricultura sustentável e responsável, promovendo o desenvolvimento econômico das comunidades rurais. Com essa iniciativa, é possível contribuir para a segurança alimentar da população e para a preservação do meio ambiente.

Mais de 18 toneladas de alimentos foram doadas para várias entidades assistenciais em Piracicaba, em uma demonstração de apoio ao bem-estar coletivo por meio da agricultura sustentável. A metodologia do SolidarESA é baseada nas metas globais da ONU (ODS) e nos 5 P’s (Pessoas, Planeta, Prosperidade, Paz e Parcerias).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe esse Artigo:

spot_imgspot_img

Últimas Notícias

Artigos Relacionados
Relacionados

“Estamos em uma das piores situações”, diz Marina sobre Pantanal

A ministra do Meio Ambiente e das Mudanças do...

Dia do Meio Ambiente destaca ações de enfrentamento à desertificação

Há mais de 40 anos, o ambientalista Nereu Rios...

Desmatamento na Mata Atlântica cai 59% no acumulado do ano até agosto

O desmatamento na Mata Atlântica caiu 59% de janeiro...

Desmatamento na Amazônia tem maior queda dos últimos 11 anos

O presidente Lula continua cumprindo as promessas que fez...
Open chat
Quer anunciar ligue (19) 99318-9811
Redação (19) 99253-6363