www.jornalocal.com.br / Cultura / Cinema / Orquestra Sinfônica fará concerto em homenagem aos 247 anos de Campinas

Orquestra Sinfônica fará concerto em homenagem aos 247 anos de Campinas

O concerto contará com a participação de quatro solistas de Campinas que se destacam no cenário musical: Catarina Neves, Livia Bernarde, Bruna Volpi e Diego Moraes. No repertório, estilos musicais variados, do MPB, samba ao pop. A regência é do maestro Victor Hugo Toro

 

 

 

A Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas fará uma apresentação especial em comemoração aos 247 anos de Campinas, no dia 18 de julho, às 18h30, no Teatro Castro Mendes. O evento não terá presença de público por conta das condições sanitárias relacionadas à pandemia da Covid-19, mas será transmitido ao vivo pela TV Câmara e pelo canal oficial da Secretaria Municipal de Cultura de Campinas no Youtube Abraça Campinas.

 

A TV Câmara pode ser vista pelo Sinal digital 11.3, canal 4 da Net Campinas e canal 9 da Vivo Fibra. O link para o Abraça Campinas é (https://www.youtube.com/channel/UCieYuKccyRR-GlMTCOjs-oQ)

 

O concerto contará com a participação de quatro solistas de Campinas que se destacam no cenário musical: Catarina Neves, Livia Bernarde, Bruna Volpi e Diego Moraes. No repertório, estilos musicais variados, do MPB, samba ao pop. A regência é do maestro Victor Hugo Toro.

 

“O repertório da orquestra para essa apresentação especial tem tudo a ver com este momento que estamos vivendo. O avanço da vacinação está trazendo esperança e alento para a retomada e todas as canções vão expressar esse sentimento. Vamos comemorar o aniversário da nossa querida cidade com muita emoção, em um espetáculo imperdível”, disse a secretária municipal de Cultura e de Turismo, Alexandra Caprioli.

 

Convidamos artistas campineiros para um repertório de canções que falam de felicidade, resiliência, volta por cima, de energias boas para tudo que virá. Esperamos que as pessoas gostem desse presente da Sinfônica para Campinas e seus cidadãos”, acrescentou o maestro Victor Hugo Toro.

 

A Orquestra se apresenta com 28 integrantes. Para manter a segurança dos músicos no concerto, o grupo será reduzido para manter o distanciamento e eles serão separados por barreiras de acrílico.

 

Repertório:

Orquestra

P. Lincke: Amina (serenade égyptienne)

 

Diego Moraes

Paciência (Lenine)

 

Catarina Neves

Fascinação (Marchetti e Ferraudy)

 

Livia Bernarde

Somewhere Over the Rainbow (Yip Harburg/Harold Arlen)

 

Bruna Volpi

Volta por Cima (Paulo Vanzolini)

 

Orquestra

R. Stahl: Cupid´s Pranks

 

Catarina Neves

Estão Voltando as Flores (Paulo Soledade)

 

Livia Bernarde

Don´t Stop Me Now (Queen)

 

Diego Moraes

Tente Outra Vez (Raul Seixas)

 

Orquestra

A. Corbin: “Santiago” (Valsa)

 

Bruna Volpi

O que é o que é (Gonzaguinha)

 

Currículos

 

Livia Bernarde

 

Aluna do último ano do Ensino Médio. Atual aluna de canto e belting contemporâneo. Professora de canto, ukulele e musicalização infantil. Atuante na área de performance vocal e teatral contratada em musicais e eventos públicos ou privados

 

Semifinalista do Programa The Voice Kids, da Rede Globo – 2017-2018. Participou aos 13 anos da terceira edição do programa “The Voice Kids” exibido em rede nacional no time das cantoras sertanejas Simone & Simaria e graças ao seu desempenho apareceu na capa da “Billboard”.

 

Catarina Neves

 

Aos 81 anos, realizou o sonho de cantar em rede nacional, participando da primeira edição do programa “The Voice+”, onde chegou à Grande Final representando o time do cantor Daniel.

 

Bruna Volpi

 

Suas experiências profissionais são fortemente ligadas à Música Popular Brasileira. Atualmente, seus trabalhos possuem um foco maior no samba. E além do samba, possui um repertório que passeia por ritmos brasileiros como Baião, Xote, Choro, Frevo, e eventualmente, uma pitada de Jazz.

 

Diego Moraes

 

Cantor e compositor do interior paulista iniciou o canto coral e estudos no violão e piano aos 6 anos de idade. Ficou conhecido quando morou em Campinas e foi finalista do programa “Ídolos” da TV Record em 2009.

 

Mais recentemente, em 2020, Diego foi convidado para a gravação de uma live session nos estúdios da “Vevo – New York” e lança de maneira intimista, violão e voz, “Bipolar” e “Que Pena”. Essa última música aborda o vício das pessoas no celular e motivou o processo de composição de um novo álbum atualmente em processo e que rodeia o tema: Tecnologia – a favor ou contra as relações humanas?

Sobre Jornal Local

Veja também

Orquestra Sinfônica faz apresentação em homenagem aos 80 anos da PUC-Campinas

A participação da orquestra tem um significado especial, pois foi a PUC-Campinas que manteve a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *