www.jornalocal.com.br / Política / Câmara de São Paulo instala CPI da Prevent Senior nesta quinta

Câmara de São Paulo instala CPI da Prevent Senior nesta quinta

Antônio Donato tem reafirmado em entrevistas que o objetivo da CPI não é prejudicar a empresa e tampouco os seus mais de meio milhão de segurados.

 

 

Enquanto no Senado Federal os trabalhos da CPI da Covid caminham para o seu encerramento, a Câmara Municipal de São Paulo realiza nesta quinta-feira (7) em reunião virtual a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito que vai apurar as denúncias a respeito da atuação da Prevent Senior na cidade de São Paulo.

Aprovado em Plenário no dia 30 de setembro, o requerimento da CPI foi protocolado pelo vereador Antonio Donato (PT), que presidirá os trabalhos da Comissão.

De acordo com as denúncias, a Prevent Senior, além de realizar experimentos com os remédios do chamado “kit Covid” sem o conhecimento dos pacientes internados, ela também teria omitido a causa do óbito dos pacientes tratados com estes medicamentos, que não têm nenhuma eficácia comprovada contra a doença, segundo diversos estudos científicos já publicados.

No documento que pedia a instalação da CPI, o vereador petista ressaltou a importância da investigação ser conduzida pelo Legislativo paulistano, já que a operadora de saúde é uma empresa com forte atuação na capital paulista e já vinha sendo também investigada pela CPI da Covid no Senado.

Antônio Donato tem reafirmado em entrevistas que o objetivo da CPI não é prejudicar a empresa e tampouco os seus mais de meio milhão de segurados.

“Nosso objetivo não é destruir a empresa e muito menos prejudicar os segurados. Queremos que os erros cometidos sejam corrigidos e que eventuais crimes praticados sejam punidos, com a identificação dos responsáveis”, esclareceu o vereador Donato.

Além do presidente Antônio Donato, a CPI será formada pelos vereadores Celso Giannazi (PSOL), Milton Ferreira (Podemos), Paulo Frange (PTB) e Xexéu Tripoli (PSDB), indicados por suas respectivas bancadas.

Durante a reunião desta quinta-feira, os membros da CPI vão escolher relator e vice-presidente, além de definir quais serão as primeiras atividades do grupo.

Também a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) deve instalar nos próximos dias uma CPI para investigar as ações da Prevent Senior, que também é alvo do Ministério Público estadual que já criou uma força tarefa especial para o inquérito.

Da Redação do PT

Sobre Jornal Local

Veja também

12 mil crianças de até seis anos ficaram órfãs pela pandemia

Entre março de 2020 e setembro de 2021, cartórios registraram morte por Covid-19 de um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *