www.jornalocal.com.br / Campinas e Região / Governo de SP anuncia reforço de vacina do Butantan para 5 mil idosos de Serrana

Governo de SP anuncia reforço de vacina do Butantan para 5 mil idosos de Serrana

Chamado de Projeto S, o estudo clínico de efetividade da Coronavac em Serrana teve início em fevereiro, com a vacinação em massa de toda a população adulta da cidade até abril

 

 

O Governo de São Paulo confirmou que cerca de 5 mil idosos com 60 anos ou mais, residentes na cidade de Serrana, vão receber reforço da vacina do Instituto Butantan a partir do próximo dia 6. A aplicação em massa da terceira dose da Coronavac é necessária para garantir o acompanhamento do estudo de vacinação em massa conduzido pelo Butantan na cidade.

“O Butantan começa na segunda-feira esse programa na cidade de Serrana. Lembrando que são pessoas com mais de 60 anos”, afirmou o Governador. “Serrana é um exemplo não só para o Brasil, mas se tornou uma referência mundial. Fico feliz que essa projeção já se reproduza na geração de empregos e oportunidades para a população de Serrana”, reforçou Doria.

Chamado de Projeto S, o estudo clínico de efetividade da Coronavac em Serrana teve início em fevereiro, com a vacinação em massa de toda a população adulta da cidade até abril.

Com 95% dos habitantes acima de 18 anos protegidos pelo imunizante do Butantan, a pesquisa inédita mostrou quedas significativas de 95% em mortes, 86% de internações e 80% em casos sintomáticos de COVID-19 na cidade da região de Ribeirão Preto.

“O Projeto S foi inovador em termos de análise de efetividade vacinal em grande escala. Um estudo clínico escalonado que deu resultados extremamente importantes”, afirmou o Diretor do Butantan, Dimas Covas.

A redução dos indicadores da pandemia foi constatada com a comparação dos dados registrados antes e depois que cerca de 27 mil moradores com mais de 18 anos receberam duas doses da vacina do Butantan, com intervalo de 28 dias entre a primeira e a segunda aplicação.

Com a terceira fase da pesquisa, o Butantan vai providenciar a aplicação da dose de reforço da Coronavac em uma população estimada de 5 mil pessoas com 60 anos ou mais na cidade. “Serrana é um verdadeiro laboratório epidemiológico e isso vai permitir o acompanhamento de uma possível ameaça representada pela variante delta”, concluiu Dimas.

Sobre Jornal Local

Veja também

Vaquinha virtual arrecada recursos para implantação do sebo da Casa da Criança Paralítica

Além das vendas no local, a CCP pretende ter ainda a opção de comercializar os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *