www.jornalocal.com.br / Campinas e Região / SP conclui Corredor Metropolitano e autoriza investimento de R$ 37 milhões para construção de viaduto em Hortolândia

SP conclui Corredor Metropolitano e autoriza investimento de R$ 37 milhões para construção de viaduto em Hortolândia

A obra fará a interligação entre os municípios de Hortolândia e Sumaré, sobre a linha férrea da concessionária ALL. A transposição terá 730 metros e garantirá mais mobilidade e opção de acesso a pedestres e motoristas entre os dois municípios.

 

 

O Vice-Governador Rodrigo Garcia entregou nesta quinta-feira (16), em Hortolândia, o trecho final do Corredor Metropolitano Vereador Biléo Soares, que recebeu investimento de R$ 52 milhões do Governo de São Paulo, e autorizou a construção de viaduto que liga o município de Hortolândia a Sumaré, obra orçada em R$ 37 milhões. Garcia também confirmou repasse de novos recursos ao Hospital Municipal e Maternidade Governador Mário Covas.

“Hoje eu venho fazer a autorização para que o DER licite, nos próximos 60 dias, o viaduto do bairro Nova Europa. Uma obra de R$ 37 milhões e vamos fazer porque sabemos que é importante para melhorar a mobilidade da Região Metropolitana”, disse Rodrigo Garcia.

O investimento de R$ 37 milhões para a construção do futuro viaduto será viabilizado pelo Governo de SP por meio da Secretaria de Logística e Transportes. A obra fará a interligação entre os municípios de Hortolândia e Sumaré, sobre a linha férrea da concessionária ALL. A transposição terá 730 metros e garantirá mais mobilidade e opção de acesso a pedestres e motoristas entre os dois municípios.

O trecho final do corredor entregue hoje, com 4,4 quilômetros, tem início na Avenida José João da Silva, próximo à Ponte Estaiada, seguindo pela Avenida Antonio da Costa Santos até as alças de acesso à Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101). O investimento foi de R$ 52 milhões por parte da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos).

A infraestrutura concluída inclui drenagem de águas pluviais, a adequação do muro do presídio de Hortolândia e a execução de capa asfáltica sobre a Ponte Estaiada, localizada na continuação da Rua José João da Silva. Também foram construídas seis estações de embarque e desembarque ao longo do trecho.

Quatro linhas intermunicipais gerenciadas pela EMTU circularão no novo trecho do Corredor a partir de segunda-feira (20). Cerca de 170 mil passageiros/mês serão beneficiados.

Concluídas as obras complementares em Hortolândia, o Governo do Estado finaliza a implantação do Corredor Metropolitano. São 31,7 km de viário total interligando Campinas, Santa Bárbara D’Oeste, Americana, Nova Odessa, Sumaré, Hortolândia e Monte Mor.

Foram construídos também cinco terminais, sete estações de transferências e 23 estações de embarque e desembarque e 20 paradas nos municípios de Campinas, Hortolândia, Sumaré, Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara D’Oeste. O investimento total para a implantação do Corredor Metropolitano foi de R$ 455,1 milhões.

Hospital Municipal

Durante a visita a Hortolândia, Rodrigo Garcia também confirmou o repasse de R$ 3 milhões para o Hospital Municipal e Maternidade Governador Mário Covas, por meio de convênio. A finalidade é auxiliar no custeio da assistência, bem como na compra de medicamentos e materiais de consumo hospitalar.

O hospital presta atendimento para casos de baixa e média complexidade e, com a pandemia da COVID-19, também atende casos graves da doença. A unidade é referência e possui 62 leitos para o atendimento da população, sendo 25 clínica médica, 18 obstetrícia, 6 clínica cirúrgica, 3 pediatria e 3 ortopedia, além de 7 de UTI exclusivos para COVID-19.

“A Secretaria mantém o compromisso de fortalecer o SUS de São Paulo em todo o território estadual. Neste sentido, esse investimento reforça o atendimento à população hortolandense. Nosso intuito é fortalecer o serviço e auxiliar a unidade para que continue prestando atendimento de qualidade”, destacou o Secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn.

Neste ano, o Estado de São Paulo já repassou R$ 7,49 milhões à rede de saúde pública do município de Hortolândia, além de outros R$ 7,76 milhões destinados à cidade em 2020.

Sobre Jornal Local

Veja também

Carnaval seguro no Rio exige cobertura vacinal de 80%, diz relatório

Essa imunidade é baseada em um cálculo que se faz em epidemiologia, que tem a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *