www.jornalocal.com.br / Blogs / Cidades / Força-Tarefa dispersa 1.138 pessoas em fiscalizações contra aglomerações

Força-Tarefa dispersa 1.138 pessoas em fiscalizações contra aglomerações

O Toque de Recolher em vigor em Campinas ocorre das 19h às 5h e, nesse período, todos os estabelecimentos comerciais devem permanecer fechados, com exceção dos serviços de emergência. 

A Operação Aglomeração Zero promovida pela força-tarefa da
Prefeitura de Campinas dispersou 1.138 pessoas entre a noite de sábado, 26 de
junho, e a madrugada deste domingo, 27. A ação também fiscalizou 168
estabelecimentos comerciais e um foi lacrado e dois foram fechados por
descumprimento das medidas sanitárias, fundamentais para conter o avanço da
Covid-19 na cidade.

A força-tarefa também realizou barreiras sanitárias do Toque de
Recolher em vários pontos da cidade, durante as quais foram abordados 346
veículos e 617 pessoas foram orientadas a voltarem para casa, por se
encontrarem em deslocamento que não se justificava por motivo de emergência ou
de trabalho.

O Toque de Recolher em vigor em Campinas ocorre das 19h às 5h e,
nesse período, todos os estabelecimentos comerciais devem permanecer fechados,
com exceção dos serviços de emergência. 

A força-tarefa, coordenada pela Secretaria de Cooperação nos
Assuntos de Segurança Pública, visa dispersar e/ou inibir o agrupamento de
pessoas e integra o conjunto de medidas da municipalidade para conter a
disseminação do novo coronavírus.

Além das ações da Prefeitura, é importante reforçar que cada
cidadão deve colaborar no combate à pandemia. Para isso, é importante manter o
distanciamento social, usar máscaras, fazer a higienização constante das mãos e
evitar aglomerações, principalmente em locais com o uso de bebida alcoólica.

A Operação Aglomeração Zero segue até as 5h de segunda-feira, 28
de junho.

Sobre Jornal Local

Veja também

Ainda há cerca de 10 mil vagas para vacina de adolescentes de 15 a 17 anos

Jovens abaixo dos 18 anos estão sendo imunizados com a vacina da Pfizer, única aprovada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *