www.jornalocal.com.br / Meio Ambiente / Campinas avança para ser cidade amiga das abelhas e proteger polinizadores

Campinas avança para ser cidade amiga das abelhas e proteger polinizadores

Uma colmeia racional, feita pelo homem para abrigar abelhas nativas sem ferrão, será apresentada na manhã desta quinta

 

 

A Fundação José Pedro de Oliveira (FJPO), responsável pela Mata Santa Geneba, dá início ao projeto “Campinas, cidade amiga das abelhas nativas” nesta quinta-feira, 11 de novembro. Às 10h30, será apresentada uma colmeia racional, feita pelo homem, contendo uma colônia de abelhas nativas sem ferrão, instalada em frente ao Paço Municipal. O projeto foi idealizado para despertar a conscientização ecossistêmica e destacar a importância da conservação dos polinizadores de maneira geral, começando com as abelhas nativas sem ferrão.

A colmeia racional instalada na frente da Prefeitura é parte do projeto que inclui também o Meliponário (local de criação de abelhas onde são instaladas diversas colônias), inaugurado na Mata de Santa Genebra, em Barão Geraldo. O Meliponário poderá ser apreciado pela população e por estudantes de Campinas e região nas visitas guiadas que ocorrem semanalmente na Mata de Santa Genebra. A inscrição é recebida no endereço  https://www.fjposantagenebra.sp.gov.br/.

O projeto “Campinas, cidade amiga das abelhas nativas” é uma realização da Prefeitura Municipal de Campinas por meio da Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; Fundação José Pedro de Oliveira – Mata de Santa Genebra, com apoio da Associação de Meliponicultores do Estado de São Paulo (AmeSampa).

 

Sobre Jornal Local

Veja também

Estudo mostra que vulcões fertilizam e regeneram a vida do oceano

O vulcão subaquático matou os peixes após a erupção, conforme a temperatura da água subiu …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *