www.jornalocal.com.br / Cultura / Documentário Balaio celebra a força da ancestralidade afro-brasileira

Documentário Balaio celebra a força da ancestralidade afro-brasileira

Pré-estreia será na Casa de Cultura IBAÔ, na Vila Padre Manoel da Nóbrega, às 19h30, com entrada gratuita e uso de máscara

 

 

O Instituto Baobá de Cultura, Ponto de Cultura e Memória IBAÔ faz nesta terça-feira, 9 de novembro, às 19h30, a pré-estreia do documentário Balaio, na Casa de Cultura IBAÔ, que fica na rua Ema, 170, Vila Padre Manoel da Nóbrega, região Noroeste de Campinas. A entrada é gratuita e é obrigatório o uso de máscara.

O documentário foi escrito, dirigido e produzido por Gilberto Alexandre Sobrinho. O filme toma como ponto de partida para sua produção “O Balaio das Águas”, encontro cultural, já com várias edições, realizado pelo Ponto de Cultura e Memória IBAÔ, em Campinas. O evento é o momento de celebração, encontro e agradecimento pela força política, artística e espiritual da ancestralidade afro-brasileira.

“Esse evento conecta-se com uma rede de parcerias, afetos e histórias do IBAÔ”, explica Mestre David Rosa, coordenador e fundador do Ponto de Cultura e Memória IBAÔ.

Entre as várias atividades que o Instituto tem promovido ao longo dos anos está o Balaio das Águas, que abre o calendário das culturas populares em Campinas. O Instituto Baobá de Cultura e Arte mantém atividades culturais ao longo do ano, como oficinas, vivências de danças tradicionais, grupos de estudos, encontros, workshops, seminários, entre outras ações associadas à cultura popular e afro-brasileira.

 

Sobre Jornal Local

Veja também

Escravização é tema de exposição “As pessoas dos 482 anos” de artista capixaba em Campinas

O artista traz para o espaço – dedicado às atividades de difusão da arte contemporânea …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *