www.jornalocal.com.br / Campinas / Polícia Civil apreende 21 toneladas de carvão vegetal

Polícia Civil apreende 21 toneladas de carvão vegetal

 A Polícia Civil apreendeu um caminhão baú carregado com 21 toneladas de carvão vegetal e indiciou o motorista por crime ambiental. A detenção ocorreu às 9 horas de segunda-feira (18), em Taubaté, a 140 quilômetros da Capital. O autor foi liberado e responderá ao inquérito policial em liberdade.

 

Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Taubaté ficaram sabendo, por meio de uma denúncia anônima, que uma carreta do tipo baú estava estacionada numa churrascaria da cidade – com uma carga de 21 toneladas de carvão vegetal. Segundo o denunciante, o carvão havia sido extraído ilegalmente de uma floresta nativa.

 

Dois investigadores foram até a churrascaria, localizada na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), e constataram que um caminhão baú, estacionado no local, tinha as placas mencionadas na denúncia. Eles abordaram o motorista J. R. S., de 39 anos, que abriu o baú e mostrou a carga de 21 toneladas de carvão vegetal. O suspeito, que não tinha nota fiscal, contou que saiu do Rio Grande do Sul para levar uma carga de calçados até a cidade de Cândido Sales, na Bahia.

 

Carvão para a churrascaria
Conforme explicou, para não retornar com o caminhão vazio, ele pegou a carga de carvão vegetal em Cândido Sales, de um homem chamado “Aimu”, também conhecido por “Bidu”. O carvão seria descarregado na churrascaria de Taubaté. O motorista viajava acompanhado por um “representante da carga”, que alegou apenas ter recebido R$ 200 para ir até Taubaté e receber o cheque pelo pagamento do carvão. Os investigadores vão solicitar apoio a policiais da Bahia para averiguar a origem do carvão.  

 

A dupla  e a carreta foram levados até a DIG de Taubaté, onde o delegado plantonista decidiu indiciar o motorista por crime ambiental, porém ele  responderá ao inquérito policial em liberdade. Seu acompanhante constou apenas como representante da transportadora e também foi liberado. O caminhão, apesar de não ter nenhuma irregularidade, foi apreendido, juntamente com as 21 toneladas de carvão, para ser periciado.

Sobre Jornal Local

Veja também

Volta a chover em Campinas após 117 dias de seca

Após 117 dias de estiagem voltou a chover em Campinas na tarde desta segunda-feira (30). A cidade …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *