32.9 C
Campinas
domingo, dezembro 3, 2023

São Paulo recebe no início de novembro a segunda edição da SP Food Film Fest – Festival de Cinema e Gastronomia

Data:

SP FOOD FILM FEST 2023   São Paulo recebe no início de novembro a segunda edição da SP Food Film Fest – Festival de Cinema e Gastronomia A Cinemateca de São Paulo será novamente palco do SP FOOD FILM FEST. A partir do dia 09 de novembro de 2023 acontecerá a segunda edição do Festival mais delicioso da cidade, que une cinema, gastronomia e alimentação  


Entre os dias 09 e 19 de novembro, o público poderá se emocionar e deliciar com mais de 30 filmes de 14 diferentes países, clássicos da ficção e documentários contemporâneos ligados à comida, à cultura e aos sistemas agroalimentares. Os filmes serão exibidos de forma híbrida e gratuita em São Paulo (Cinemateca Brasileira). Ao longo da jornada, os espectadores terão a oportunidade de participar desde  aulas show  de culinária com chefs de cozinha,  até debates e degustações de pratos inesquecíveis do cinema, após algumas das exibições presenciais.  

Já o público de casa poderá assistir a uma seleção de filmes através da plataforma oficial   https://www.spcineplay.com.br, os 16 títulos da programação ONLINE entram na quinta, 9/11 às 19h00 e ficam até domingo 19/11, às 23h59.

Basta se cadastrar e aproveitar.  Além disso, a curadoria desta edição trará uma incrível e original  exposição fotográfica   repleta de retratos instigantes e surrealistas de chefs de cozinha, onde o fotógrafo Paulo Vitale parte do drama original intrínseco ao ato de cozinhar, que começa com a morte de um animal ou vegetal, para produzir um alimento e assim garantir a vida.

Dentre os Chefs retratados estão Eudes Assis, Helena Rizzo, Iêda de Matos, Telma Shiraishi, Claude Troisgros, entre muitos outros.   Completam a programação do evento algumas oficinas para o público adolescente de duas escolas municipais de São Paulo, que será convidado a colocar a mão na massa a partir da introdução aos elementos básicos da linguagem audiovisual, incluindo o uso prático de câmeras digitais.  No foyer da Cinemateca haverá uma pequena loja para venda de aventais, camisetas, cadernos e livros que trazem a temática do alimento das editoras Elefante, Panda e Produtora Brasileira.  
“Além da comida, dos filmes cativantes e outras experiências, o SP Food Film Festival promove um senso de comunidade e conexão. Reúne pessoas de diversas origens que compartilham um amor comum pela comida e pela narração de histórias.

A atmosfera comunitária do festival incentiva o diálogo, a partilha e a construção de ligações duradouras através do carinho pela cultura alimentar”, conta André Henrique Graziano. “Nosso propósito é trazer, através do cinema, temas urgentes para discussão sem deixar de promover a experiência sensorial que a gastronomia traz”, completa Daniela Guariba, ambos idealizadores do evento.

Crédito da foto: Divulgação Cena do filme chinês “Comer Beber Viver”
O Festival   O evento acontecerá entre os dias 09 e 19 de novembro e traz, em sua noite de abertura, o filme chinês “Comer Beber Viver” que, em 2024, completa 30 anos. O clássico conta a história do viúvo e melancólico Tao Chu, mestre cozinheiro que está à beira da aposentadoria. Tao mora em uma grande casa com suas três filhas solteiras. Embora vivam juntos, a família está distante e a única coisa que os une é um elaborado jantar aos domingos. As tensões aumentam à medida que as filhas buscam equilibrar a realização pessoal e as questões decorrentes do envelhecimento do pai.  

Após esta deliciosa entrada, os pratos principais que recheiam o festival não deixam por menos. Também com 30 anos, “Morango e Chocolate”, dirigido por Juan Carlos Tabio e Tomás Gutiérrez Alea, virá acompanhado de uma degustação de sorvete de morango com chocolate. 

“Mulheres à beira de um ataque de nervos”, de Pedro Almodóvar, que completa 35 anos, também está na programação e o público poderá experimentar após a sessão um delicioso gazpacho como o feito por Peppa na cena inesquecível onde a personagem descreve toda a receita. Além disso, o Festival contará com algumas sessões ao ar livre com os títulos “Simplesmente Martha” e “Chef”. Para o público infantil, uma cena clássica está na animação “A Dama e o Vagabundo”, onde os focinhos do casal de cachorros, ao comer um espaguete, acabam se encontrando. Crianças e adultos poderão degustar um delicioso spaghetti com almôndegas após a sessão, assim como chocolates com frutas, após a “A Fantástica Fábrica de Chocolate” e deliciosas tostadas da Tiana, após “A Princesa e o Sapo”.  

Ainda dentre os pratos principais, a programação oferece títulos potentes e de cunho mais político, como “Os Catadores e Eu” de 2000, onde a diretora Agnès Varda aborda assuntos como o desperdício e a fome, em meio a dramas humanos. 

Outro bom exemplo é “O Poço”, originalmente espanhol, “El Hoyo” de Galder Gazteli-Urrutia, um filme bastante perturbador e surpreendente. A história se passa em uma prisão vertical com centenas de andares, abrigando dois presos por andar. No meio, um enorme buraco permite enxergar os andares superiores e inferiores.

Não bastasse a organização atípica, a alimentação também é oferecida de modo inusitado: diariamente um banquete é servido num elevador que vai descendo pelos andares, até que não sobre nada. A potência da mensagem do filme reside nos dilemas, em como eles apontam, simbolicamente, a uma constituição coletiva capitalista.  

Dentre as estreias na telona podemos citar “Blind Ambition”, documentário onde quatro refugiados do Zimbabwe superam as expectativas e se tornam os melhores sommeliers de vinho da África do Sul (com direito a degustação de vinhos após a sessão); “Solo Comum”, documentário que discute os sistemas alimentares contemporâneos e modelos alternativos de agricultura regenerativa; “Em Busca da Estrela” com degustação de pizza; “Lambic” com degustação de cervejas, “Viciados em Pimenta” com degustação de deliciosas samosas com pimenta e “Volte Sempre”, que conta a história de Masamoto Ueda que por mais de quarenta anos, tem servido seu lendário ramen ao estilo de Tóquio para uma comunidade de frequentadores regulares que não são apenas seus clientes, mas verdadeiros amigos. Também com direito a degustação!
Crédito da foto: Divulgação Documentário “Blind Ambition”
O ciclo de debates e os “Aulões”   O banquete para os sentidos não para por aí. Como sobremesa, o Festival propõe cinco encontros com diferentes Chefs de Cozinha e especialistas, que após a exibição de alguns episódios do documentário “História da Alimentação no Brasil” – uma série dirigida por Eugenio Puppo e baseada no livro homônimo de Luís da Câmara Cascudo de 1967 – irão proporcionar reflexões sobre o episódio e sobre alguns ingredientes relacionados às diferentes regiões do Brasil (mandioca, milho crioulo, pimentas, feijões…), além de apresentar uma receita relacionada ao ingrediente principal e uma degustação – para o deleite dos espectadores!

As convidadas para ministrar as aulas são: Aline Guedes, Patty Durães, a líder indígena Jerá Guarani, Angelita Gonzaga e Graziela Tavares.   Neste ano, como inebriante digestivo, a curadoria ainda traz um importante ciclo de debates abordando quatro temas contemporâneos relevantes ligados ao alimento: Cozinhas Solidárias; Consumo de Ultraprocessados; Uso de Agrotóxicos e Educação Alimentar e Nutricional. Todas as discussões partem de uma cuidadosa seleção de filmes e documentários que têm diferentes perspectivas sobre os temas e que visam pôr em pauta assuntos urgentes para discussão.

Após a exibição de títulos como, por exemplo, “Big Food”“Um Mundo Obeso”, “Antes do Prato”, “Solo Comum”“Fonte da Juventude” e “Food, Funk e Favela”, os encontros com convidados especialistas serão transmitidos on-line e ao vivo no canal do Youtube do Festival, permitindo a interação com os espectadores, com exceção do debate sobre as Cozinhas Solidárias que será presencial, na própria Cinemateca.  

O SÃO PAULO FOOD FILM FEST é viabilizado por meio da Lei de Incentivo à Cultura. Tem patrocínio da Ticket, marca da Edenred Brasil e apoio da Selmi. É uma produção da Doc e Outras Coisa e Química Cultural. A realização é do Ministério da Cultura.

Crédito da foto: Divulgação “Food, Funk e Favela”
Sobre a Ticket Pioneira na criação do vale-refeição e vale-alimentação no Brasil, a Ticket é protagonista na transformação digital do setor ao oferecer soluções inovadoras e de acordo com a legislação vigente. A marca possui benefícios tradicionais e flexíveis nos segmentos de alimentação, refeição, transporte, cultura, incentivos, recompensas, antecipação salarial, bem-estar, educação e home office, que atendem mais de 7 milhões de empregados beneficiados, 130 mil empresas clientes e 620 mil comerciantes credenciados.  

A Ticket foi a primeira a estar presente nos principais aplicativos de delivery de refeições e alimentos do Brasil e investe continuamente na criação de produtos e ferramentas para apoiar seus públicos, a exemplo da implementação da plataforma Ticket Vantagens, que oferece descontos com cashbacks para quem usa seus benefícios.  

A Ticket é uma marca da Edenred, plataforma global e digital de serviços de meios de pagamento que atua como companheira de todas as horas para os trabalhadores, empresas e comerciantes. Líder em seu segmento, conecta 60 milhões de usuários, 2 milhões de estabelecimentos e aproximadamente 1 milhão de empresas clientes, em 45 países.

Saiba mais Site: https://www.ticket.com.br/ Facebook: https://www.facebook.com/ticketservicos YouTube: https://www.youtube.com/user/ticketservicos LinkedIn:  https://www.linkedin.com/company/ticketservicos Instagram: https://www.instagram.com/ticket_servicos/ Twitter: https://twitter.com/ticket_servicos TikTok: https://www.tiktok.com/@ticket_servicos  

Sobre a Selmi São 136 anos de tradição, conquistando a preferência do consumidor com diversos tipos e cortes de massas, farinhas especiais, biscoitos, bolos, bolinhos, mistura para bolos e azeites – por meio das marcas Renata, Galo e Todeschini. A receita é de sucesso: matérias-primas selecionadas, tecnologia de ponta e controle rigoroso. O resultado é a produção de centenas de toneladas de macarrão por dia, sempre mantendo a receita da legítima massa italiana, que era seguida por Adolpho Selmi, o fundador da companhia, em 1887. A empresa possui hoje modernas fábricas em Sumaré (SP) e Rolândia (PR), além de maquinário e engenharia de produção de primeiro mundo – com a capacidade de expandir sua estrutura física, sem interromper a produção.   

Site: https://pt-br.selmi.com.br/ Renata: https://renata.com.br/  Instagram: instagram.com/marca.renata YouTube: https://www.youtube.com/@MarcaRenata Galo: https://receitasgalo.com.br/ Instagram: instagram.com/marca.galo Todeschini: https://todeschinialimentos.com.br/ Instagram: instagram.com/marca.todeschini  

SERVIÇO Quando:  de 09 a 19 de novembro de 2023
onde:  salas Cinemateca Brasileira – Largo Sen. Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino
Gratuito Patrocínio : Ticket  apoio: FAM, Selmi produção: Doc & Outras Coisas e Química Cultural realização: Ministério da Cultura  
redes sociais www.spfoodfilmfest.art.br https://www.instagram.com/spfoodfilmfest/ https://www.youtube.com/@saopaulofoodfilmfest  


A Brigada da Chefe (Kitchen Brigade) Dir. Louis-Julien Petit, França, 2022, 97’   Cathy, uma teimosa chefe de cozinha, está finalmente prestes a realizar o sonho de sua vida: abrir seu próprio restaurante. Nada sai como planejado e, enfrentando sérias dificuldades financeiras, ela relutantemente aceita um emprego na cafeteria de um abrigo para jovens imigrantes. Embora ela odeie seu novo trabalho, as habilidades e a paixão de Cathy pela culinária começam a mudar a vida desses jovens — e eles também têm muito a ensinar.  

A Dama e o Vagabundo (Lady and the Tramp) Dir. Hamilton Luske, Wilfred Jackson, Clyde Geronimi, EUA, 1955, 76’   A vida de mordomias de Dama, uma cadelinha de raça cocker spaniel, é transformada pela chegada de um novo bebê. Sentindo-se ignorada pelos donos, ela deixa tudo para trás e se aventura pelas ruas, onde conhece o esperto vira-lata Vagabundo.   

A Fantástica Fábrica de Chocolate (Willy Wonka and the Chocolate Factory) Dir. Mel Stuart, EUA, 1971, 100’   As cinco pessoas que encontrarem um dos bilhetes dourados espalhados por milhões de barras de chocolate terão o privilégio de conhecer a fantástica fábrica do recluso Willy Wonka. Entre elas está o jovem Charlie, de origem humilde, que arrisca todas as suas economias para comprar uma barra. O que os sortudos não sabem é que, além de espetacular, a fábrica de chocolate é repleta de enigmas, provações e aventuras.  

A Princesa e o Sapo (The Princess and the Frog) Dir. Ron Clements, John Musker, EUA, 2009, 97’   Desde criança, Tiana sonha em ter um restaurante próprio. Para conseguir a quantia necessária para que possa enfim alugar o imóvel de seus sonhos, ela aceita trabalhar na festa realizada por Charlotte LaBouff, sua amiga de infância. É quando surge um sapo, anunciando ser um príncipe e pedindo a Tiana que lhe conceda um beijo. Ela aceita, transforma-se em sapo e, juntos, os dois embarcam numa aventura regada a música e comida pelos místicos pântanos da Louisiana.  

Almoço em Agosto (Pranzo di ferragosto) Dir. Gianni Di Gregorio, Itália, 2008, 75’   Roma. Giovanni é um homem de meia-idade que mora com sua mãe viúva e enfrenta problemas financeiros. Sabendo de sua complicada situação, Luigi, o proprietário do apartamento em que eles vivem, faz uma proposta: que Giovanni abrigue a mãe dele e sua tia Maria durante o feriado de 15 de agosto em troca de um abatimento nos aluguéis atrasados. Sem alternativa, ele aceita. Logo, Giovanni é obrigado, a contragosto, a assumir o papel de babá das senhoras alojadas em sua casa.  

Chef Dir. Jon Favreau, EUA, 2014, 114’   Depois de perder seu emprego como chef em um famoso restaurante de Los Angeles, Carl compra um trailer e, para a surpresa de todos, passa a fazer e vender comida pelas ruas. O novo empreendimento é um esforço para resgatar sua verve criativa e se reconectar à sua família.  

Comer Beber Viver (Eat Drink Man Woman) Dir. Ang Lee, Taiwan, EUA, 1994, 124’ Tao Chu, o mestre cozinheiro semiaposentado de um grande restaurante em Taipei, é um viúvo melancólico que mora em uma grande casa com suas três filhas solteiras: Jia-Jen, uma professora de química de coração partido; Jia-Chien, uma executiva em ascensão de uma companhia aérea, e Jia-Ning, uma estudante adolescente que trabalha em um restaurante.
 

Crédito da foto: Divulgação “A Fantástica Fábrica de Chocolate”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe esse Artigo:

spot_imgspot_img

Últimas Notícias

Artigos Relacionados
Relacionados

Em dezembro, Sabores de Indaiá pela primeira vez em Indaiatuba

O modelo de Feira Gastronômica de Rua chegou forte no Brasil,...

Projeto Cozinha-Escola forma a primeira turma de gastronomia da parceria entre Ceasa, ISA e PUC-Campinas

Dezessete moradores da região do Parque Shalon receberam seus...

Campinas participa da décima edição da Peru Week Brasil com dois restaurantes

De 14 a 30 de novembro, a PROMPERÚ (Comissão...

Bankers Punch: Mia Crudo e Pasta divulga com exclusividade receita do novo drink do restaurante

O drink Banker's Punch é uma deliciosa criação de...
Open chat
Quer anunciar ligue (19) 99318-9811
Redação (19) 99253-6363